Quarta, 17 de Julho de 2024
26°

Tempo limpo

Rio Branco, AC

Geral Opinião

Dor sem cura

Pacto brutal, na HBO Max, causa indignação, é pesado mas necessário.

29/07/2022 às 17h18 Atualizada em 29/07/2022 às 23h14
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
Dor sem cura

Por  Socorro Camelo 

Vi Pacto Brutal, na HBO Max, sobre o assassinato da atriz Daniella Perez.  
Chocada com a frieza dos assassinos. 

Uma menina linda, de apenas 22 anos, brutalmente assassinada, roubada de uma vida inteira pela frente. O motivo ? Inveja, ganância. Torpe! 

Ouvindo o depoimento da Glória, mãe da Daniella, só penso em coragem. A dor impensável de uma mãe e a luta  contínua para manter a memória intacta de sua filha. 

O documentário é pesadíssimo - como o choque gerado por um ato tão bárbaro - mas necessário. 

Muitas versões do assassinato da atriz nesses 30 anos, já foram apresentadas mas só existe uma verdade, como disse a mãe de Daniella.
E a verdade está lá , contada em cinco episódios.  
Dá muita indignação e revolta.Ver uma família despedaçada.  

Um irmão e um tio com um olhar perdido em algum lugar. Um marido que tentava manter o corpo físico de pé, enquanto a alma estava em posição fetal.
E uma mãe, que mesmo hoje, é a máscara da dor, com uma face desfigurada e bela. A beleza que só existe na coragem.
Glória Perez se levantou do torpor naquele dia de dezembro, para lutar pela memória de sua filha.

E por outras filhas , de outras tantas mães. Glória representou todas as mulheres desse mundo, todas as mães que foram ou ainda serão.

Ao terminar de ver a minissérie, chorei muito. Pela barbárie, pobreza de espírito, frieza. Pela dor sem cura. Pelo ser humano.

Hoje, os dois assassinos levam uma vida normal, soltos por aí , e só de pensar nisso, me arrepio de novo.
Pelo escárnio conosco, que viramos todos família de Daniella.

Pelo medo e risco que representa estes dois indivíduos inseridos de novo na sociedade. E choro mais uma vez. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mariana Há 2 anos Rio Branco - Acre Chorei muito com esse documentário! Realmente é um crime muito cruel, ela não merecia isso.
Mostrar mais comentários