Sábado, 25 de Junho de 2022
31°

Nuvens esparsas

Rio Branco - AC

Política Nota na íntegra

Léo de Brito afirma que “houve um erro” após ter registro no TSE como se fosse negro

Parlamentar afirmou que sempre se identificou como branco. Leo de Brito que o erro não trouxe vantagem nenhuma para ele nas eleições

22/06/2022 às 14h13
Por: Denis Henrique Fonte: Acreaovivo.com | Juruá em Tempo
Compartilhe:
Léo de Brito afirma que “houve um erro” após ter registro no TSE como se fosse negro

O deputado federal Leo de Brito (PT/AC) aparece na lista de deputados federais que se autodeclaram brancos, mas foram registrados como negros no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A informação foi revelada em reportagem assinada pelos jornalistas Tayguara Ribeiro e Uirá Machado, da Folha de São Paulo.

Além de Leo de Brito, estão na lista Jorge Solla (PT-BA), Fábio Mitidieri (PSD-SE), Luiz Lima (PL-RJ), Mariana Carvalho (Republicanos-RO).

O jornal paulista ouviu 38 deputados que se autodeclararam negros (como pretos ou pardos) mas que teriam dificuldade de passar por uma banca de heteroidentificação, como as que avaliam se uma pessoa pode se inscrever como cotista num vestibular.

De acordo com o TSE, foram eleitos 124 deputados que se declararam negros nas eleições de 2018. A classificação inclui pretos e pardos.

O deputado Leo de Brito disse à Folha que houve um erro no registro de dados pelo TSE. O parlamentar afirmou que sempre se identificou como branco. Leo de Brito que o erro não trouxe vantagem nenhuma para ele nas eleições de 2018, pois a regra só passou a valer em 2020. Como a inclusão dele pode ser considerada um erro, a falha deve ser corrigida para as eleições deste ano.

Veja nota na íntegra

Recebi essa situação com surpresa. Sou um dos deputados que se identificou como branco, mas que houve um erro no registro dos dados do TSE em 2018.

Ademais, essa questão não trazia nenhum benefício (cota de fundo eleitoral, por exemplo) na eleição 2018. Essa regra só passou a vigorar em 2020.

Esse registro errado aconteceu na eleição de 2018 e um novo registro, com as correções, deverá ser feito quando do registro de candidatura para eleição deste ano.

Portanto, não existe qualquer possibilidade de me beneficiar de recursos do Fundo Eleitoral por critério de cotas raciais na eleição deste ano.

Leo de Brito - Deputado federal PT-AC

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários