Quinta, 19 de Maio de 2022
17°

Alguma nebulosidade

Rio Branco - AC

Geral Em Porto Acre

MP na Comunidade em Porto Acre realiza cerca de 1400 atendimentos

Com apoio de diversos parceiros, o evento, que ocorreu nas escolas Edmundo Pinto de Almeida Neto e Novo Horizonte, levou serviços de cidadania e atendimentos de saúde à comunidade portoacrense

11/05/2022 às 10h01
Por: Denis Henrique Fonte: MPAC
Compartilhe:
MP na Comunidade em Porto Acre realiza cerca de 1400 atendimentos

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) promoveu, no último sábado (07), mais uma edição do programa “MP na Comunidade”, na Vila do Incra, em Porto Acre. Com apoio de diversos parceiros, o evento, que ocorreu nas escolas Edmundo Pinto de Almeida Neto e Novo Horizonte, levou serviços de cidadania e atendimentos de saúde à comunidade portoacrense.

Foram realizados cerca de 1400 atendimentos. Nesta edição, o MPAC levou os serviços do Centro de Atendimento à Vítima (CAV), Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição (Napaz), Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera) e Ouvidoria Geral, além de uma palestra sobre autismo e uma roda de conversa do Círculo das Marias, promovida pelo Napaz.

Por meio das instituições parcerias, o público teve acesso à serviços como emissão de documentos, atendimento jurídico e de esclarecimento sobre programas sociais e benefícios. Na área de saúde, foram promovidos atendimentos médicos, odontológicos e psicológicos, realização de exames, aplicação de vacinas, entre outros. A ação contou também com a realização de um casamento coletivo e recreação para as crianças.

Prestigiando o evento, o procurador-geral de Justiça, Danilo Lovisaro do Nascimento, falou sobre o propósito da ação. “Por meio do MP na Comunidade, nós levamos para regiões com altos indicadores de vulnerabilidades social a escuta, os serviços do Ministério Público e de instituições parceiras, e temos a oportunidade de conhecer de perto os problemas e de intervir para mudar a realidade das pessoas”, ressaltou.

O promotor de Justiça Flávio Bussab Della Líbera, titular da Promotoria de Porto Acre, exaltou o esforço conjunto das instituições em prol da população do município. “Mais do que um projeto, é uma ação onde todos os componentes efetivam o papel jurisdicional do Estado realizando ações para garantir os direitos e a cidadania da população portoacrense“, disse.

Já o prefeito de Porto Acre, Bené Damasceno, destacou que o município, com cinco comunidades urbanas e onze projetos de assentamento, precisa de mobilizações como essa para atender aqueles que moram em áreas mais distantes. “Essas ações vêm ao encontro da comunidade e é isso que precisamos fazer, nos juntarmos e virmos para a comunidade, já que é mais difícil os moradores saírem de suas localidades para se deslocarem aos órgãos competentes”, afirmou.

O MP na Comunidade teve como parceiros nesta edição a Prefeitura de Porto Acre, Governo Estadual, Tribunal de Justiça do Acre, Defensoria Pública Estadual, Exército Brasileiro, Ministério do Trabalho e Emprego, Incra, INSS, Polícias Civil e Militar, Cartório Porto Acre, Sesc, Associação Família Azul do Acre, Unama, Arasuper e Miragina.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários