Quinta, 19 de Maio de 2022
17°

Alguma nebulosidade

Rio Branco - AC

Política Fortalecimento

Em posse de novos procuradores do MP, governador defende fortalecimento da instituição

Os promotores Alessandra Garcia Marques, Francisco José Maia Guedes, Getúlio Barbosa de Andrade e Meri Cristina do Amaral Gonçalves foram conduzidos ao cargo de procurador

07/05/2022 às 10h11
Por: Denis Henrique Fonte: Secom
Compartilhe:
Em posse de novos procuradores do MP, governador defende fortalecimento da instituição

Na noite desta sexta-feira, 6, o Ministério Público do Acre (MPAC) deu posse a quatro novos procuradores de Justiça durante sessão solene realizada no Teatro Universitário da Universidade Federal do Acre (Ufac), em Rio Branco. A cerimônia contou a presença do governador do Estado, Gladson Cameli.

Os promotores Alessandra Garcia Marques, Francisco José Maia Guedes, Getúlio Barbosa de Andrade e Meri Cristina do Amaral Gonçalves foram conduzidos ao cargo de procurador. Na oportunidade, os profissionais receberam ainda a Medalha do Ministério Público. As promoções se deram por merecimento, duplo critério e antiguidade.

Em seu pronunciamento, o governador Gladson Cameli falou sobre a relevância histórica do MPAC na defesa e garantia dos direitos da sociedade. O chefe de Estado defendeu também o permanente fortalecimento da instituição. Dirigindo-se aos empossados, o gestor desejou sucesso aos procuradores.

“Defendo um Ministério Público forte para o Brasil e para o Acre. Reafirmo a admiração que tenho pelo trabalho de cada um dos senhores, registrando, mais uma vez, meu eterno agradecimento pelo apoio do MP ao nosso governo durante a pandemia de covid-19. Sei que o trabalho de um procurador de Justiça é de extrema responsabilidade e não tenho dúvidas sobre a competência de cada um”, disse Cameli.

O procurador-geral de Justiça do MPAC, Danilo Lovisaro, comemorou a chegada dos novos membros ao Colégio de Procuradores, que reforçarão os trabalhos e darão mais celeridades as demandas reprimidas existentes no órgão.

“A atuação em segundo grau no Ministério Público é muito importante e deve ser consistente. Estávamos com uma defasagem, que acarretava uma sobrecarga de serviço aos procuradores de Justiça, que estão em fase final de carreira”, declarou.

Representando os procuradores empossados, Alessandra Marques aproveitou o discurso para fazer um retrospecto dos desafios e dificuldades enfrentados desde o ingresso nos quadros do Ministério Público, além de ressaltar o dever dos novos membros frente ao princípio fundamental da instituição.

“Esta solenidade é um marco que divide em dois momentos a nossa carreira. Na década de 1990, trabalhávamos com processos físicos, sem assessores, sem segurança e sem tecnologia. Fiscalizar não é incomodar, mas tornar possível que os poder Executivo municipal, estadual e federal concretizem a nossa Constituição”, pontuou.

O evento contou ainda com a participação da presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargadora Waldirene Cordeiro; da defensora-geral do Estado, Simone Santiago; do corregedor nacional do Ministério Público, Oswaldo Lima Neto; do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom; do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Pedro Longo; do senador Sérgio Petecão; e do deputado federal Alan Rick; entre outras autoridades.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários