Segunda, 24 de Janeiro de 2022 14:41
(68) 99971-5137
Anibal Diniz; Amazôn

Um cartão postal à parte! – Por Aníbal Diniz

Foram passos importantes desde a criação do primeiro curso, em 1964, e a sua transformação em universidade dez anos depois.

27/10/2015 15h20
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Um cartão postal à parte! – Por Aníbal Diniz

Quem tiver um tempo a mais para ir além da caminhada no Parque do Tucumã e arriscar uma volta pelo campus da Universidade Federal do Acre - UFAC e fotografar algumas de suas dependências vai concordar comigo que a gestão do atual reitor professor doutor Minoru Kimpara e sua vice professora doutora Margarida Cunha conseguiu dar vida nova à principal instituição de ensino superior do Estado. A meu ver, a UFAC vive seus melhores dias. Digo isso porque frequento seus corredores, restaurante e departamentos desde antes do meu ingresso no curso de História, em 1985, e posso afirmar, ainda que com o risco de cometer injustiça, que nunca vi a UFAC tão bem cuidada e apresentável como atualmente. É mais uma prova de que a clássica receita da simplicidade continua sendo eficiente e produzindo bons resultados.

Para uma instituição de ensino que tinha 857 alunos nos cursos de Direito, Economia Letras, Pedagogia, Matemática e Estudos Sociais quando foi reconhecida como Universidade Federal em abril de 1974, através da Lei Nº 6.025, o número de alunos hoje matriculados em seus cursos de graduação, mestrado e doutorado é bastante significativo.  São mais de 12 mil alunos, 661 professores e 589 servidores tecnico-administrativos, e seu planejamento estratégico pelos próximos 20 anos priorizou 19 objetivos, 31 metas e 13 projetos estratégicos voltados para a melhoria da qualidade acadêmica. A idéia força do planejamento realizado em 2014 e em execução é identificar onde a UFAC pode chegar em termos de formação de pessoas com visão transformadora.

Foram passos importantes desde a criação do primeiro curso, em 1964, e a sua transformação  em universidade dez anos depois. Nomes que orgulharam e ainda orgulham o Acre nas mais diferentes áreas têm registrado em seus currículos alguma passagem como aluno, professor ou nas duas condições em algum dos cursos da UFAC.  Por isso, temos que tratar com todo carinho nossa universidade, preservar a memória daqueles que contribuíram para a sua expansão e colaborar, na medida do possível, com aqueles que fazem bem a sua parte para que essa instituição continue cumprindo sua função de formar bons quadros para o desenvolvimento sustentável do Acre e da Amazônia.

Graças à parceria com o então senador Tião Viana, hoje a UFAC forma médicos conhecedores da realidade local para atuar na saúde pública; graças à parceria com o Governo do Estado desde as gestões Jorge Viana e Binho Marques hoje temos quase 100% dos professores da rede pública com nível superior; graças à parceria com o deputado Sibá Machado, tivemos ampliação do programa de mestrado e a realização do encontro nacional da SBPC e a presença no Acre das maiores autoridades do mundo da ciência e da tecnologia.  Cada um fazendo a sua parte, as coisas tendem a ganhar impulso e maior qualidade.

A dupla formada por Minoru e Margarida tem cumprido com louvor o seu papel à frente da reitoria da UFAC. Com todo respeito às gestões anteriores, mas com Minoru e Margarida os avanços ficaram visíveis, inquestionáveis.  Hoje temos salas bem equipadas com quadros interativos e ar condicionado, temos restaurante funcionando com café, almoço e janta a preço compatível com a realidade dos estudantes, e vários projetos de expansão estão em curso, como o do hospital universitário, a abertura de novos campus, a ampliação da rede de fibra óptica, novos cursos de mestrado, doutorado e outros avanços projetados.

A Universidade Federal do Acre continua sendo a grande formadora de profissionais para as funções educacionais, liderança de instituições e empresas, gerenciamento de organizações, e,  principalmente, para as diretorias e coordenadorias nas diferentes áreas da gestão pública no Governo do Estado e na Prefeitura da capital. A maioria dos servidores acreanos aprovados nos concursos públicos nas mais diferentes esferas teve passagem pela UFAC.

Por isso, meus votos de vida longa à UFAC, e que ela continue formando gerações de profissionais de sucesso para o bem do Acre e dos acreanos.

---

* Aníbal Diniz, 52, jornalista, graduado em História pela UFAC, foi diretor de jornalismo da TV Gazeta (1990 – 1992) assessor da Prefeitura de Rio Branco na gestão Jorge Viana (1993 – 1996), assessor e secretário de comunicação do Governo do Acre nas administrações Jorge Viana e Binho Marques (1999 – 2010) e senador pelo PT- Acre (Dez/2010 – Jan/2015), assessor da Liderança do Governo no Congresso Nacional entre março e outubro de 2015 e atual integrante do Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.