Quinta, 26 de Maio de 2022
24°

Muitas nuvens

Rio Branco - AC

Polícia Na fronteira

Polícia Civil detém brasileiros acusados de assaltos na Bolívia

Uma vítima que teve sua moto roubada escapou de ser assinada após atirarem contra ela

26/01/2022 às 14h06
Por: Denis Henrique Fonte: O Alto Acre
Compartilhe:
Polícia Civil detém brasileiros acusados de assaltos na Bolívia

Se encontram à disposição da justiça acreana, dois indivíduos que vinham praticando assaltos pela fronteira, inclusive no lado boliviano. Partindo de investigações realizadas por policiais civis em Epitaciolândia, foi possível localizar uma moto que foi roubada e trazida para o lado brasileiro.

Esses meliantes abordaram uma jovem armados e teriam atirado contra a vítima, que por sorte não foi atingida e morta durante o assalto. Após o crime, fugiram para o lado brasileiro, onde foram presos e confessaram, além de dizer onde estaria a moto.

Foi quando os investigadores entraram em contato com o comando da Polícia Nacional Boliviana e, Cobija (lado boliviano), para falar que haviam localizado o veículo e que havia os documentos da proprietária dentro do bagageiro.

Através desse documento, foi possível localizar a dona da moto e a levaram para ter seu veículo restituído na delegacia de Epitaciolândia. O ato da entrega contou com a presença do delegado Ricardo Castro e oficiais da polícia boliviana.

Além da moto, foram localizados vários objetos que seriam frutos de roubos praticados pela dupla. Segundo um dos investigadores, pedem que pessoas que foram vítimas de roubos nos últimos dias, vejam e caso identifiquem, se desloquem até a delegacia de Epitaciolândia munidos de documentos, para que possam pegar de volta.

A dupla é natural da cidade de Xapuri, sendo que um é filho de um traficante já bastante conhecido no meio polícia. Após serem ouvidas, estão a disposição da justiça que irá tomar as medidas cabíveis de praxe nos próximos dias.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários