Quinta, 19 de Maio de 2022
16°

Alguma nebulosidade

Rio Branco - AC

Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Lourival

Lourival Marques tem uma boa base entre os agricultores e se vier a apoiar o senador Petecão será um importante aliado

24/01/2022 às 21h43 Atualizada em 24/01/2022 às 21h50
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Compartilhe:
Senador Petecão e o ex deputado Lourival Marques. Foto: rede social.
Senador Petecão e o ex deputado Lourival Marques. Foto: rede social.

Bailes
Não é política mas é insanidade. Em pleno pico da COVID, com mais da metade do Acre infectada e filas quilométricas para atendimento médico e para testagem da doença, algumas instituições de ensino insistem em realizar bailes de formaturas com aglomeração.

Saúde primeiro
Incompreensível e absurdo, considerando que foram dois anos com aulas a distância, com todos os cuidados do mundo. Para que regredir agora? Voltem algumas casas nesse jogo e entendam: a saúde está sempre em primeiro lugar!

Não acabou
Os casos de Covid explodiram no estado, que registrou duas mortes. Essa é uma doença com a qual não se pode brincar. Achar que a epidemia acabou é fazer aposta arriscada com a vida. Para os negacionistas e os que pensam primeiro em si e em seus interesses, a lição por vezes vem de forma dura.

Precatórios
O assunto do dia, na última sexta, foi a operação contra a chamada máfia dos precatórios, com o cumprimento de mandados de busca e apreensão nos escritórios e residências do ex-procurador João Paulo Setti e do ex-presidente da seccional da OAB, Erik Venâncio, entre outros alvos.

Sebrae
Para empreender é preciso coragem, enfrentar obstáculos, acreditar e seguir em frente. Mesmo que às vezes não se tenha certeza de aonde isso vai dar. A mensagem está em um filme que é uma homenagem a todos os empreendedores brasileiros feito pelo Sebrae. Bonito e providencial nesses tempos de desesperança.

Perto
Está cada vez mais perto a possibilidade de que o ex-ministro Sérgio Moro troque o Podemos pela União Brasil para sua campanha presidencial. O partido que está nascendo da fusão do PSL com o DEM teria a maior fatia de verba do fundo eleitoral para dar impulso à candidatura de Moro, que aparece estagnada nas pesquisas. Mas isso deve causar problemas enormes para a ala bolsonarista destas legendas.

Crise
No Acre, pode significar a debandada do pessoal do PSL estadual, fortemente bolsonartista, sob a liderança de Pedro Valério e, principalmente, Márcio Bittar. O senador não ficaria em um partido que fosse contra a tentativa de reeleição do presidente. Seu destino pode ser, nesse caso, o Republicanos, que ele comanda com seu filho na executiva ou vá brigar pela hegemonia do PL do próprio Bolsonaro mas, no estado, na órbita do vice Rocha e de sua irmã Mara Rocha.  O DEM do deputado Alan Rick também é Bolsonaro de carteirinha.

Senado
A ministra Damares ameaça sair candidata ao senado pelo Amapá. Será que dá certo? No Acre, o eleitor rejeitou todas as candidaturas que caíram de paraquedas no estado. Exemplos não faltam, desde Said Farhat, ministro do então poderoso presidente Figueiredo, fragorosamente derrotado, apesar da campanha milionária, Antônio Pedreira, um picareta que foi candidato a presidente, Zamir Teixeira e, mais recentemente, Marivaldo Melo, que chegou com a banca de ex-presidente do Basa e só arrumou lugar na balsa de Manacapuru.

Waterloo
A trajetória de Napoleão como líder acabou na batalha de Waterloo, quando foi fragorosamente derrotado. Daí para a frente, embora com um curto período de renascimento, foi tudo ladeira abaixo até a morte no exílio. Costuma-se falar que um político enfrenta seu Waterloo quando tem um impasse, uma situação que o marca definitivamente como derrotado, que pode acabar com sua vida pública. A classe política acreana considera que a questão dos ônibus na capital é o “waterloo” do prefeito Bocalom. Sua derrocada, sem remissão. Assim como a operação Ptolomeu é o “waterloo” do governo Gladson Cameli. Cada um com sua cruz que escolheu carregar né?

Efeito
A grande charada é qual o efeito que a derrocada do prefeito terá na campanha de seu principal aliado, o senador Petecão ao governo. O senador será beneficiado com a abertura de mais de 150 novos cargos comissionados na prefeitura, que poderá usar para acomodar aliados. Mas o desgaste é grande. Mas, reconhecidamente, Petecão é bom de campanha, sabe conseguir votos.

Lourival
Na semana passada o ex-deputado estadual Lourival Marques e o senador Sérgio Petecão tiveram uma longa conversa. Na pauta, ideias e sugestões e quem sabe até possíveis apoios. Lourival tem uma boa base entre os agricultores e se vier a apoiar o senador Petecão será um importante aliado.

Esquerda
O Acre se encontra na encruzilhada política da esquerda.  PT e PSB estão articulando em estados em que cada um terá candidato à governo, para fortalecer a ideia da federação. O PSB quer o Acre, entre outros. Já se chegou a um consenso em Pernambuco e está quase tudo certo no Rio Grande do Sul e Maranhão. Mas uma ala do PT, tanto regional como nacional, defende Jorge Viana para o governo.

Complicação
Se Jorge Viana decidir sair para governador, a eleição embola no Acre. Os favoráveis à sua candidatura apostam no desgaste do governador Gladson Cameli com a Operação Ptlomeu. Isso poderia mudar o tabuleiro da política regional para esse ano.

Cuidem-se
Acabaram os testes, a vacina da gripe, aglomerações de positivados voltando das férias. Se você está doente, avise sua rede, tenta não aumentar os números que já não são contáveis, use a máscara, lembre das crianças, elas não estão vacinadas por único motivo e sabemos qual é. É muito triste ver todo mundo tombando. Cuidem-se!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários