Quinta, 19 de Maio de 2022
16°

Alguma nebulosidade

Rio Branco - AC

Cultura Conto

AJEB | Alô? É do Acre?

Em pleno século XXI, existe a necessidade de resgatar o incentivo a leitura do livro físico (mais saudável para saúde mental), de familiares que leem para os filhos, do encontro consigo mesmo e com os outros

23/01/2022 às 21h59 Atualizada em 01/02/2022 às 13h06
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Compartilhe:
AJEB | Alô? É do Acre?

Por Fátima Cordeiro

A Equipe Editorial está a todo vapor na organização do mais novo livro infantil.  Contudo, tenta localizar a 31ª autora inscrita uma tal de Fátima Cordeiro.

- Então, já conseguiram falar com a autora? O texto dela não pode ficar de fora da Coletânea. É muito interessante para as crianças.

-Estamos tentando... Descobrimos que ela mora no Acre.

- No Acre? Ela existe?

-Existe sim. Fez a inscrição e não deu mais notícias.  Descobrem que outra autora é da mesma região. Assim, Margarete Prado fornece o contato da amiga Fátima.

Autora localizada. Textos revisados. Livros nos Correios. 

-Alô? É a Sr.ª Ironita?

-Sim. Como posso ajudá-la, Fátima?

-É sobre os meus exemplares, ainda não chegaram...

- Como assim? Há um mês eles foram para o seu endereço. Vou verificar o que houve. Fique tranquila.

-Certo. Obrigada.

Descobriu que os Correios retornaram com o pacote. Estava indo do Acre direto para São Paulo e, quem sabe, em poucos dias, chegaria em Goiás para daí, sim, retornar ao destinatário em questão.

Autora aguardando. Livros viajando. O tempo passando.

Tudo começou em setembro. Mas, neste finalzinho de janeiro, finalmente, ele chegou! Colorido, lindo e cheio de encantadoras histórias inéditas de todos os lugares do Brasil. A história fala de um livro que já viveu 1.800 anos e está triste e sem ânimo. Mas, um barquinho amarelo, um lápis e um caderno resolvem mudar o rumo daquela história.

Uma certa coincidência. O Resgate de um Livro Velho é o título da história enviada. Entretanto, com as diversas situações, houve a necessidade de resgatar a autora e os seus próprios livros!

Ainda assim, em pleno século XXI, existe a necessidade de resgatar o incentivo a leitura do livro físico (mais saudável para saúde mental), de familiares que leem para os filhos, do encontro consigo mesmo e com os outros. Em cada história há o fortalecimento da empatia que muito contribui para a vivência humana.  A escrita terapêutica é a forma que Fátima Cordeiro utiliza para as suas vivências. Muitos benefícios são evidentes tais como a autoestima, gratidão e respeito pela natureza.

E, você, caro leitor, tem vontade de mudar o rumo da sua História?

 

BIOGRAFIA

Fátima Cordeiro é natural de Rio Branco AC, nascida no dia 05 de setembro de 1970. É pedagoga com especialização em Pedagogia Social e Elaboração de Projetos. Atua na Educação Estadual desde 1990. Atuou em diversos filmes e peças teatrais em Rio Branco obtendo o prêmio de Melhor Atriz e Melhor Roteiro no 8º Festival de cinema acreano promovido pela Associação Acreana de Cinema/ ASACINE (2006). Gosta de apresentar-se através de performances cênicas valorizando a leitura lúdica. Recebeu Honra ao Mérito Amiga da Cultura pela Academia Juvenil Acreana de Letras (2015). É autora dos livros Sementes de Mostarda, A Menina Fez Carinho na Lua e A Louca do Orfanato. Tem crônicas e poesias publicadas em diversas Antologias.

PRÊMIO LITERATURA 1º LUGAR - Gênero Crônica - ROMANCE ORGÂNICO Edital As Cores da Cidade - Fundação Garibaldi Brasil. Dezembro de 2020.

MENÇÃO HONROSA 4º LUGAR – MEU VULCÂNICO SER 2021 no I Varal Literário de Poesia Marginal, do GRUPO PSICOFOBI AQUI NÃO, com a temática “Além das fronteiras da mente”, Pensando Monlevade-MG.

MENÇÃO HONROSA 4º LUGAR - Crônica - CAFÉ DA MANHÃ -ACADEMIA DE LETRAS, CIÊNCIAS E ARTES DE PONTE NOVA – ALEPON CONCURSO LITERÁRIO PRÊMIO PROFESSOR MÁRIO CÍMACO/2021. É Membro da Sociedade Literária Acreana –SLA, Academia Acreana de Letras-AAL e Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil-AJEB.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Escritoras e Jornalistas em Pauta
Escritoras e Jornalistas em Pauta
Sobre Coluna semanal da Associação das Jornalistas e Escritoras do Brasil – AJEB, coordenadoria Acre
Rio Branco - AC Atualizado às 01h32 - Fonte: ClimaTempo
16°
Alguma nebulosidade

Mín. 14° Máx. 27°

Sex 30°C 16°C
Sáb 30°C 19°C
Dom 31°C 21°C
Seg 31°C 22°C
Ter 31°C 19°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio