Sábado, 29 de Janeiro de 2022 02:31
(68) 99971-5137
Política Opinião

ACRE EM NOTAS | CREA

Um exemplo de democracia, tudo resolvido pelo voto das categorias

13/01/2022 17h46
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
ACRE EM NOTAS | CREA

CREA
O CREA / Acre realizou plenária e renovou seu quadro de conselheiros, a direção, os comitês e instâncias representativas e administrativas. Um exemplo de democracia, tudo resolvido pelo voto das categorias.

Cargos
Saiu a proposta que o prefeito Tião Bocalom enviou à Câmara Municipal de sua reforma administrativa. Ele promete criar nada menos que 506 cargos comissionados, cinco secretarias adjuntas, 130 funções gratificadas, mexer em três secretarias, criar uma superestrutura.

Trem da alegria
Ou seja, em ano eleitoral vai implantar um trem da alegria na Prefeitura, acabando com todas as medidas de austeridade dos últimos ex-prefeitos.

Cabide
E pensar que essa é a postura do gestor que foi eleito com promessa de sobriedade, de economizar, de austeridade e tudo leva a crer que vai transformar a prefeitura em cabide de emprego, fazer o uso político de nomeações para cargos de confiança de livre escolha.

Conselhos
O medo é que como político de direita, o atual prefeito pode concentrar todos os conselhos, de mulher, dos idosos, comunitários, de política para negros e minorias, de assuntos indígenas e pessoas com deficientes como adendo da pasta da super secretaria que propõe. Para que não funcionem, claro, como aconteceu no primeiro ano de sua gestão.

De fora
Pelo menos ficou aparentemente de fora do projeto o reajuste de salário do prefeito e secretários, mas nada garante que não possa ser incorporado por emenda de vereador.

Extraordinária
Acabou ficando decidida a convocação extraordinária da Câmara Municipal, por pressão dos vereadores que querem essa graninha extra no começo do ano. Não deve haver problema com o projeto em plenário. O prefeito nomeou o vereador Raimundo Castro como seu líder e vai ter dois cargos para interlocução com o parlamento, a nível de secretário adjunto.

Militares
Bocalom também terá 52 cargos de assessor militar, seja lá para que ele quer isso. Espera-se que não convoque tantos policiais militares, para não desfalcar ainda mais o policiamento da capital.

Sem pistas
A polícia ainda não tem nenhuma pista dos ladrões que sequestraram o presidente do Deracre, servidores e um empresário para roubar três caminhonetes de mais de R$ 250 mil cada uma. Pelo profissionalismo demonstrado pelo bando armado, não vai achar mesmo. Ou estão na Bolívia ou desmanchadas em algum ponto da área rural.

Profissionais
A Polícia considera que os assaltantes sejam profissionais de outros estados e que houve ou colaboração de servidores ou alguém da quadrilha infiltrado do Deracre, pois eles estariam de posse até de coletes do departamento para despistar ao viajar com os veículos. Não foi coisa de facção de drogas.

Imunizado
Gente só 42% da população do Acre com as duas doses de Covid-19? E a cada dia fica ainda mais feia a situação da já chamada terceira onda da covid-19 no estado. Os leitos e capacidade de atendimento dos hospitais está saturada. Mais de 500 pessoas por dia procuram ajuda. A maioria esmagadora dos internados com sintomas mais fortes é de não vacinados.

Medidas duras
As autoridades não descartam tomar medidas duras, evitando, porém o lockdown. Quem gostar, pode dar adeus ao Carnaval, pois a previsão é que o pico da covid ômicron ocorra até março.

PGR e ALEAC
A Procuradoria Geral da República tornou o pedido de suspeição de Nicolau Júnior, presidente da ALEAC, em processo sob responsabilidade da primeira CCR. O pedido foi formulado pelo presidente da Federação dos Sindicatos de Servidores Públicos, Isaac Ronaltti, para que o presidente da Assembleia, nos termos do art. 36, "a", da Lei 1079;50, não exerça atos em nenhum dos processos de impeachment já protocolados, declarando-se suspeito sobre os mesmos e nos termos do Regimento Interno da Casa e repassando seus atos ao vice-presidente, como natural.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.