Quinta, 26 de Maio de 2022
24°

Muitas nuvens

Rio Branco - AC

Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Tsunami

Mais uma vez o Acre aparece interna e externamente como objeto de um escândalo político de corrupção em sua história

17/12/2021 às 14h49
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Compartilhe:
Governador Gladson Cameli será engolido pelo tsunami da Operação Ptolomeu?
Governador Gladson Cameli será engolido pelo tsunami da Operação Ptolomeu?

Tsunami
O Acre acordou ontem atônito com o tsunami que foi a notícia de que o governador Gladson Cameli seria alvo de buscas da Polícia Federal. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o afastamento das funções do chefe de gabinete, do secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia (tio do governador) e de mais dois funcionários. A operação investiga supostos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Mais uma vez o Acre aparece interna e externamente como objeto de um escândalo político de corrupção em sua história.

Alarde
Não há mais tanta passividade e resignação da população com esse tipo de denúncia. Há que se cobrar medidas rápidas, exemplares, sem ambiguidades, sem dissimulações. Mas com muito cuidado para não incorrer em julgamentos sem provas e sem a necessária presunção de inocência. Muito alarde e fogos de artifício não provam nada.

Pedra sobre pedra
E antes que aconteça um verdadeiro “massacre da serra elétrica” especulativo, Gladson Cameli deve cumprir com sua promessa de não deixar pedra sobre pedra para chegar ao fundo do poço dessa enxurrada de denúncias que hoje está à vista do pais inteiro. Se o governador estiver disposto a isso, tem de começar a retirar essas pedras imediatamente sob pena do desgaste ser fatal para as eleições de 2022. Essa denúncia definitivamente não é só mais uma “marolinha”.

Rei da Pérsia
O rei da Pérsia, Dario III, ficou exasperado quando soube que seu exército fora derrotado por Alexandre, mandou matar o mensageiro que lhe trouxe a notícia. Não deve ter sido o primeiro nem o último a ter esse procedimento. Lembra muito alguns políticos e gestores do Acre. Nem sempre as pessoas estão dispostas a ouvir verdades duras. À imprensa cabe divulgar os fatos. E por vezes não há como discordar dos “mensageiros”. Porque em muitos casos, eles não só passam a mensagem cabível, mas, também, cumprem a função de advertir que as condições não são nada boas. Um advogado do diabo, às vezes, tem muito mais utilidade do que meia dúzia de baba ovo.

Passaporte obrigatório
Mesmo com a resistência do governo federal, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria, ontem, a favor da exigência do comprovante de imunização para a entrada no país. A medida estabelece que brasileiros e estrangeiros devem apresentar o comprovante de vacinação contra a covid-19 quando embarcarem para o Brasil. A decisão ainda obriga que brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil que viajaram para fora do país após 14 de dezembro, e que não apresentarem o cartão de vacinação quando voltarem ao Brasil, apresentem teste negativo de covid-19, e se submetam a uma quarentena de cinco dias, que só é suspensa com um novo exame negativo.

 ALCKMIN vice de Lula?
O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin deu o primeiro passo para se tornar vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2022. Ele anunciou, ontem, a saída do PSDB, partido ao qual foi filiado por 33 anos. O ex-governador é disputado por alguns partidos, mas ao que parece ele se juntará a Lula na corrida eleitoral. Líder nas pesquisas de intenção de voto para o Palácio do Planalto, o petista busca se fortalecer com um nome que atenue a imagem de radicalização creditada ao PT. Os dois não falam abertamente sobre essa eventual aliança, mas também não a desmentem.

Coadjuvantes
Durante recente participação em um seminário STF, Luiza Trajano, dona do Magazine Luiza, chamou atenção para o fato de que muitas mulheres são procuradas por partidos políticos em períodos pré-eleitorais, mas sempre para ser vice de algum homem. A empresária, que já foi cortejada para a disputa mas diz que não pretende concorrer, foi apontada como uma das 100 mulheres mais influentes do mundo pela revista Time, está entre as 25 mais influentes do mundo em 2021 pelo Financial Times e tem relevante atuação nas áreas social e do empreendedorismo. A cultura política do País pouco valoriza a representação feminina. Verdade seja dita.

Displicente
A Anvisa precisa abordar todos os passageiros nos aeroportos para verificação da comprovação de vacinação contra covid-19 apenas por amostragem. Todos os viajantes, sem exceção, deveriam ser verificados e o motivo é simples e de amplo conhecimento da agência: basta uma pessoa não vacinada e contaminada que escape da abordagem, para contaminar exponencialmente várias outras. Enquanto não existe ainda demonstração clara de como a variante Ômicron vai se comportar no Brasil, não se justifica tamanha displicência.

Reza
Só nos resta rezar para que a variante Ômicron tenha um efeito leve na população, porque, se depender do governo, a tragédia de muitas mortes voltará. Nunca se viu tanta incompetência!

Reprovado
Jair Bolsonaro vive um momento de severa fragilidade política e jurídica. Mas dada a vaidade e a avidez pelo poder não enxerga isso. O resultado não poderia ser outro: pior índice de avaliação do governo, segundo o Data Folha.  53% de reprovação.  Um governo moribundo que tem os dias contados. Ainda bem.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários