Quinta, 26 de Maio de 2022
24°

Muitas nuvens

Rio Branco - AC

Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Não acabou

Um morador de São Paulo, de 67 anos, que não viajou recentemente para o exterior, teve confirmada infecção pela variante Ômicron

13/12/2021 às 14h38
Por: Socorro Camelo Fonte: Redação
Compartilhe:
ACRE EM NOTAS | Não acabou

 Agressões 

Que país é este ?  No domingo, 12, seguranças de Jair Bolsonaro voltaram a agredir jornalistas, no município baiano de Itamaraju. Camila Marinho, Cleriston Santana, Dário Cerqueira e Xico Lopes tentavam realizar a cobertura da visita do presidente à região atingida pelas chuvas dos últimos dias no sul do estado. As equipes aguardavam o pouso do helicóptero no qual viajava Bolsonaro, no estádio municipal Juarez Barbosa, quando foram agredidas. 

 

Abraji 

Lamentavelmente esse tipo de agressão vem se repetindo. E o presidente ao invés de se posicionar contra, incentiva através dos repetidos  ataques verbais que faz contra a imprensa, que de certa forma incentivam sua militância a agredir repórteres e impedir seu trabalho, o qual é garantido pela Constituição Federal. A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, a Abraji, emitiu uma nota repudiando a agressão. 

 

Ômicron

E o Reino Unido anunciou primeira morte pela variante ômicron. A nova variante se espalha a um ritmo assustador no Reino Unido. A variante do coronavírus já responde por cerca de 40% das infecções em Londres. 

 

No Brasil 

Um morador de São Paulo, de 67 anos, que não viajou recentemente para o exterior, teve confirmada infecção pela variante Ômicron. A informação foi divulgada no sábado (11) pela Secretaria de Saúde. Alguém duvida que a variante ômicron já esteja aqui no Brasil ? Que Deus nos proteja.

 

Babel 

Alguém precisa avisar aos dirigentes da Secretaria de Pequenos Negócios e Turismo que cargos são passageiros e que política para o turismo não significa de modo algum turistar por cidades e mais cidades. Servidores lotados naquela secretaria, relatam que nunca uma administração foi tão ruim. Talvez por conta do cabo de guerra que se formou com a indicação do secretário e da diretora de turismo.  O primeiro é da cota da senadora Mailza e a segunda, indicação de Márcio Bittar. 

 

Dinheiro sobrando 

Os funcionários mais antigos que já viram ali administrações de excelência, dizem que os dois gestores não entendem nada da pasta. Um manda e o outro desmanda. Só se entendem mesmo quando se trata de viagens. Uma delas, para uma feira no Pará, chegaram a  levar nove pessoa e de lá teriam embarcado diretamente para Foz do Iguaçú, na fronteira com o Paraguai. E parece que a comitiva levou até motorista. Gestão não tem, mas dinheiro parece que tá sobrando.

 

Exigência 

Uma exigência, segundo fontes da Secretaria, é a obrigatoriedade de  roupas novas porque a nova diretora não quer gente mal vestida por lá. Turismo e empreendedorismo mesmo passaram longe dali. Lincoln ensinava: “Podeis ludibriar uma parte do povo durante o tempo todo, ou o povo durante algum tempo; mas não podereis ludibriar todo o povo durante todo tempo”. 

 

Cabeça de alfinete 

Os líderes da base governista no Congresso parecem não estar nem um pouco preocupados com a  agenda de prioridades para 2022. O esforços estão concentrados na tentativa de reeleger o presidente Jair Bolsonaro (PL).  Mas isso também acontece nos estados. No próximo ano, o foco é a tentativa de reeleição e a eleição dos que desejam ter um mandato. Todos já estão se apresentando com vestes ilibadas. Só é bom não esquecer que a distância entre o cume da glória e a profundeza da desgraça é menor que a cabeça de um alfinete.  

 

Exdrúxulo

O presidente Jair Bolsonaro usou neste domingo (12) uma comparação exdrúxula com as enchentes ocorridas no Sul da Bahia para atacar as restrições de deslocamento decretadas por governadores no combate à transmissão do novo coronavírus. Questionado sobre como o governo federal ajudaria as famílias que perderam suas casas e seus negócios, o presidente aproveitou para comparar a tragédia com os efeitos econômicos causados pelas medidas restritivas. Perdeu uma ótima oportunidade de ficar calado. Politicagem barata em meio a tragédias é muito feio presidente .

 

Registros 

O Ministério da Saúde informou que o processo para recuperação dos registros de vacinação dos brasileiros contra a covid-19 foi finalizado sem perda de informações. No entanto, a plataforma ConecteSus ainda não havia voltado a funcionar normalmente até ontem. O aplicativo para celular carregava ao abrir, mas não mostrava os registros de vacinas, exames, atendimentos ou medicamentos. No lugar deles, uma mensagem avisava que o retorno das informações poderia demorar até 10 dias úteis. Além disso, na versão da  página da internet, o link não abria.

 

Reflexão natalina

O que mais fascina no Papai Noel não é sua imensa capacidade de dar presentes. É a de não receber. Simbolicamente, essa é a maior característica de generosidade e uma das grandes lições que essa época do ano nos oferece. Um homem velho, sábio, generoso e disponível, que distribui milhões de pacotes mundo afora, mas que não recebe nenhum. E mesmo assim é muito feliz. Ou, na minha interpretação, é justamente por isso que é tão feliz. Porque entende e vive o prazer de servir, de fazer os outros felizes. O presente do Papai Noel é alegria que ele faz brotar no planeta. Isso existe, sim.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários