Sábado, 29 de Janeiro de 2022 03:26
(68) 99971-5137
Polícia e Justiça Zeladoria da cidade

Zeladoria e Gabinete Militar se reúnem com o comando da PM para tratar sobre furto de fios

Preocupado com a gravidade do problema, nesta terça-feira, 7, acompanhado do chefe do Gabinete Militar do Município, coronel Ezequiel Bino, o secretário da Zeladoria, Joabe Lira, procurou a Polícia Militar para apresentar ao comandante-geral um pedido de apoio sobre o assunto

08/12/2021 09h39
Por: Denis Henrique Fonte: Acreaovivo.com | Dircom
Zeladoria e Gabinete Militar se reúnem com o comando da PM para tratar sobre furto de fios

Manter praças e parques limpos e iluminados é responsabilidade do poder público e, isso, a Prefeitura de Rio Branco vem fazendo, mas há uma situação na capital do Acre que chama a atenção das autoridades: os constantes furtos da fiação elétrica da iluminação dos equipamentos públicos.

Preocupado com a gravidade do problema, nesta terça-feira, 7, acompanhado do chefe do Gabinete Militar do Município, coronel Ezequiel Bino, o secretário da Zeladoria, Joabe Lira, procurou a Polícia Militar para apresentar ao comandante-geral um pedido de apoio sobre o assunto.

“Um dos grandes problemas que a gente enfrenta nessa área da iluminação pública decorre dos furtos em sequência. Para se ter uma ideia, as vezes, a gente faz manutenção em uma praça, dois dias depois tem que voltar na mesma praça para fazer a manutenção de novo por conta da ação dos larápios, um exemplo disso foi a passarela Joaquim Macedo”, ponderou Lira.

O coronel Luciano Dias, comandante da Polícia Militar em exercício, prometeu empenho de todos os batalhões. Ele acredita que com o esforço de todos será possível resolver esse problema.

“A prefeitura está investindo em monitoramento eletrônico para auxiliar as forças de segurança no combate, não só a essa modalidade de crime, mas de outros delitos também”, ressaltou Luciano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.