Quinta, 09 de Dezembro de 2021 06:12
(68) 99971-5137
Entretenimento Por Socorro Camelo

TAGARELICES | Fim de um ciclo

Enquanto eu via a sua infância indo embora, um caminho se abria pra ver surgir uma menina incrível

21/11/2021 21h17 Atualizada há 2 semanas
Por: Socorro Camelo Fonte: Acreaovivo

Por Socorro Camelo 

Mari: fim de um ciclo

Foram dezessete anos até aqui e, durante todo esse tempo, enquanto eu via a sua infância indo embora, um caminho se abria pra ver surgir uma menina incrível.

Foi emocionante ver a alegria e o choro dela (e nossos: meu, da Jana e do Cassiano) no encerramento das aulas do terceirão no Colégio Meta.

“Que orgulho da nossa menina”. A frase da irmã e madrinha, minha primogênita Janaína, resume tudo.

Olho as duas e penso que com elas, divido séries e pensamentos e faço planos bonitos.

E torço mesmo é para que a vida seja leve e feliz para ambas.

Porque, sim, elas sofrerão de amor (e com sorte eu não saberei o endereço desses garotos tolos).

E terão decepções com amigos.

E aprenderão a se despedir de quem não pode mais ficar e precisa partir, dos seus pets, e até de quem não tem idade pra morrer.

Lembro de mim mesma aos 17 anos…

Quando comecei a descobrir que a vida é totalmente sem garantias, que nem sempre os mais velhos têm as palavras certas e que as mães (é, meninas!) às vezes mentem, ainda que seja para proteger os filhos.

Mas estamos aqui. Com um pé na faculdade (sempre achei que esse amor imenso da Mari por animais daria nisso, fofa né!) e outro no futuro, entre o novo ciclo e a conta do isolamento, que nos roubou muita coisa. Mas também trouxe uma parceria meio acidental (Mari e eu e Cassiano e ela) e que vai nos acompanhar pra sempre, a despeito de algumas mentiras que contei por amor. “Serão poucos dias, filha. Prometo. Vai passar”.  E não foram poucos os dias e nem fáceis. Mas nossos laços ficaram ainda mais fortes. Acredito.

Mariana. Nossa menina que encerrou um ciclo.

Mariana que adora TikTok, que vê séries de “pampiros” e ama. E que faz com que eu acabe amando também.

Mariana que é sol e a alegria que se eu esqueço, ela sempre me devolve.

Mariana e o imenso prazer de estar ela.

Ao entrelaçar nossos pés à noite, ou ao se aninhar em um abraço quando dorme comigo.

Eu não perco por nada essas horas.

Felicidadezinhas que a gente se agarra.

Mariana. Tem Mar no nome. Sabe o que quer e veste a própria moda.

Ela é título de um livro bonito. Do mundo que agora ficou pequeno.

Quer aprender a surfar e a andar de skate.

-“Mas machuca Mari, você pode cair!” 

-“Mas mãe, quero aprender, mesmo caindo”.

Eu também, minha filha linda. Gosto de andar mesmo caindo.

Obrigada por me lembrar disso.

 

Drama

A expedição Amazônia Pantanal Chapada durou 14 dias. Organizada pela Eme Amazônia = Cassiano Marques = meu atual digníssimo. Paisagens de tirar o fôlego, lugares incríveis e eu aqui babando. E aí pra infernizar alguém pergunta: ué, porque você não foi ?

Pois é né. Acho que só sobra umas viagens para mim ali por Jordão, Santa Rosa do Purus (aqui, uma revirada de olhos beem significativa).

Então, como eu só acredito em amor que inclui pelo menos um ou dois blocks no histórico da relação, sigo meio “de banda”, isso significa um unfollow por algumas horas, no mínimo um silenciozinho de vez em quando. E não me fale em perdoar, porque  eu tenho perdoado pra caramba, inclusive por interesse. Porque, afinal, sou uma pessoa que mora no Brasil governado por Jair Bolsonaro.  E depois desse gelinho meio chocho, espero que ele aprenda a nunca mais ir viver essas coisas boas sem mim. Será que agora o papel de atriz dramática vem?

PS: Um viva ao amor: principalmente aquele amor que habita as frestas do cotidiano, também conhecido como respeito, tolerância e admiração.

 Similares?

Já ouviu falar em falsos cognatos? Termos grafadas iguais com significados diferentes?

Se não ouviu se liga aí, que eu também não me dei conta dessa sopa de letrinhas maluca, até a minha amiga jornalista Marcela Marcon Rosas, de Manaus me chamar a atenção no insta dela.

Ela explica que para quem é jornalista, Lead ou Lide significa o início da matéria que deve responder a seis perguntinhas básicas:  quê, quem, onde, como, quando e porquê.

Já para o marketing digital, Lead significa cliente potencial do negócio digital que te passa o contato de e-mail ou telefone.

E no mundo do juridico, “lide” é o meio pelo qual você exercita seu direito. 

Olha a tagarela aqui, tentando se meter na área da professora Ladisleia, que escreve aqui aos domingos. Sorry, teatcher, mas pega a visão aí:

Mundos similares e ao mesmo tempo totalmente diferentes!

Tagarelices também é cultura. 

Salva logo esse negócio ou printa que isso é importante. Né, Marcela?

 

Boa semana, tagarelas!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
TAGARELICES
Sobre TAGARELICES
Coluna de entretenimento aos domingos assinada pela jornalista Socorro Camelo (065-DRT)
Rio Branco - AC
Atualizado às 07h56 - Fonte: Climatempo
24°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 30°

24° Sensação
8.5 km/h Vento
94% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (10/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (11/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.