Domingo, 17 de Outubro de 2021 21:10
(68) 99971-5137
Polícia e Justiça Durante ocorrência

Professora atropelada por viatura da Polícia Militar em Cruzeiro do Sul vai parar na UTI

Policiais que se envolveram em acidente com professora atendiam ocorrência de tentativa de roubo e invasão de residência

09/09/2021 09h08
Por: Denis Henrique Fonte: Acreaovivo.com | Juruá Online
Professora atropelada por viatura da Polícia Militar em Cruzeiro do Sul vai parar na UTI

Silvânia Uchôa que é professora de 1ª a 5ª série das redes Municipal e Estadual, se dirigia em uma motocicleta na estrada do Pentecostes, em direção à escola 17 de Novembro, situada na Comunidade Belo Jardim, mais conhecida como Areal, quando foi atingida na contramão por uma viatura da Polícia Militar, como informou Francisco Castro da Rocha, cunhado da vítima.
“Minha cunhada estaria vindo da escola fazer a entrega dos trabalhos dos alunos, que devido a pandemia os professores estão indo em cada casa levar às atividades. E no momento em que a polícia ia em alta velocidade colidiu na contra mão com minha cunhada”.

Silvânia teve fratura em uma das pernas em dois lugares, sendo acima do joelho e também fraturou a coluna. Após o acidente, ela estava consciente. Ela foi conduzida ao Pronto Socorro, onde seguiu encaminhada para a sala de cirurgia do Hospital do Juruá, onde passou por cerca de 8 horas de procedimento. E atualmente está na UTI.

“A polícia cobra da gente responsabilidade, mas eles também têm que ser responsáveis, não é porque o cidadão anda no ramal do Pentecoste, que por sinal é bem conhecido e tem um tráfego muito grande de veículos e a polícia veio a cometer esse acidente. A foto mostra que o carro estava em contra mão e não tem desculpa que foi um buraco ou desvio de alguma coisa. Simplesmente, irresponsabilidade, pois eles cobram dos condutores, mas a prudência tem que partir deles também. Não é porque são polícia que tem andar de qualquer jeito ou na contra mão, em alta velocidade. Se tivessem ido devagar, teriam conseguido desviar dela, pois a professora costuma andar devagar. Temos a polícia como um aliado e defensor, pessoas para nos proteger e não para tirar vida” indagou um morador.

Um grupo de colegas de trabalho de Silvânia Uchôa, fez uma nota de repúdio sobre o ocorrido.

“Viemos expressar nossa indignação, o nosso repúdio, a revolta e tristeza e o nosso desespero diante da tal situação com a nossa amiga. Uma pessoa fora de qualquer questionamento em relação a conduta de dirigir, pois sempre dirigiu muito cautelosamente e estamos querendo deixar claro que já tínhamos imaginado que uma hora isso iria vir acontecer com uma de nós ou com outra pessoa. Pois, a polícia militar que é a instituição que tem que nos dar tranquilidade, segurança e proteção, quando vai fazer alguma ocorrência, esquecem que existe seres humanos nesse trajeto. Existem pessoas de bem, crianças, jovens e adultos professores, como foi o nosso caso.

Eles andam em alta velocidade, tanto é que percebe-se nas fotos que temos, ela estava na mão dela e a polícia não vinha na via deles. A velocidade foi tanta que acabaram indo buscar ela na outra via e aconteceu o pior. Então, queremos expressar publicamente nossa indignação e a resposta de algum representante da polícia militar em relação a essa conduta. O porquê da alta velocidade, a irresponsabilidade ao trafegar em estradas que têm curvas perigosas como essas. Pois não foi um acidente e sim uma irresponsabilidade e precisamos dessa resposta.

Trazer a saúde dela não vão conseguir, pois estamos sofrendo como amiga e como colega de trabalho, pois poderia ter acontecido com qualquer uma de nós”.

Professoras: Michelle Araújo de Lima, Ana Cleide Gomes de Morais, Maria Cláudia de Souza Santiago e Suziane Souza da Silva.

Policiais atendiam ocorrência de tentativa de roubo e invasão de residência

A Polícia Militar, através das guarnições do Pelotão de Trânsito, Ambiental e Rádio Patrulha, apreendeu um simulacro de arma de fogo (revolver de brinquedo) e drogas na comunidade Pentecoste.

Os militares receberam uma denúncia através do COPOM que dois indivíduos estavam tentando violar um domicílio nas proximidades da igreja da comunidade. Quando os policiais chegaram ao local visualizaram os suspeitos na área de trás da igreja e realizaram a abordagem e busca pessoal.

Com eles, foram localizadas várias peças de roupa, um simulacro de arma de fogo e sessenta e seis tabletes de uma substância verde com aspecto de maconha. A equipe policial averiguou a residência vizinha e constatou que uma das janelas estava danificada. Os suspeitos receberam voz de prisão e a ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil para os demais atos legais.

“Com relação à ocorrência que eles estavam indo atender, de fato era uma ocorrência de tentativa de roubo a uma residência e invasão, onde uma senhora solicitava a presença da polícia militar porque tinha um homem tentando invadir a casa dela. Essa guarnição que estava indo para o atendimento, sofreu um acidente e uma outra guarnição foi até o local de onde estava tendo a ocorrência e conseguiu prender dois infratores, inclusive, eles portavam drogas e um simulacro (revolver de brinquedo) que estavam usando para ameaçar as pessoas e entrar na residência. Realmente era uma ocorrência e infelizmente aconteceu esse fato, que foi o acidente, mas todos os procedimentos serão tomados para verificar quem causou o acidente”, disse o Tn Cel Evandro, Comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul.

Já quanto ao acidente que vitimou gravemente a professora Silvânia Uchôa, que envolveu os policiais militares no cumprimento dessa ocorrência, Coronel Evandro lamentou e disse que os primeiros procedimentos estão sendo tomados que é a apuração dos fatos junto à Polícia Judiciária Militar.

De fato, infelizmente ocorreu esse acidente de trânsito lá nesse ramal. A polícia estava indo para um atendimento de ocorrência e houve essa colisão dessa senhora, condutora da motocicleta, a viatura contra ela.

“Todos os procedimentos foram tomados, foi acionada a perícia e o socorro de imediato foi prestado à vítima do acidente e ela foi encaminhada ao pronto socorro. A guarnição foi conduzida para o quartel onde foi lavrado o B.O e nós tomamos o primeiros procedimentos que é a apuração dos fatos que cabe a polícia judiciária militar. Será encaminhado para corregedoria para instauração de inquérito policial e apuração do acidente”, concluiu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Cruzeiro do Sul - AC
Rio Branco - AC
Atualizado às 23h06 - Fonte: Climatempo
23°
Alguma nebulosidade

Mín. 20° Máx. 30°

23° Sensação
7 km/h Vento
94% Umidade do ar
83% (30mm) Chance de chuva
Amanhã (18/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (19/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 28°

Chuvoso