Quarta, 22 de Setembro de 2021 05:29
(68) 99971-5137
Tecnologia Tecnologia

Saiba os mitos e as verdades sobre a onda de frio desta semana

Chegada de uma massa polar intensa fez surgir diversas teorias sobre o que deve acontecer no Brasil nos próximos dias

28/07/2021 00h05
Por: Redação Fonte: R7 - Sofia Pilagallo*, do R7

Uma massa de ar polar intensa atingirá o Brasil, sobretudo as regiões Sul e Sudeste do país, nesta semana — esta não será, no entanto, a onda de frio mais rigorosa do século, como muitos podem pensar. Confira o que é mito e o que é verdade sobre o assunto, segundo a meteorologista Carine Gama, do Climatempo

*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Marques

O Brasil terá a onda de frio mais intensa do século. Mito.

Nos invernos de 2013 e 2016, os brasileiros já enfrentaram temperaturas mais baixas do que as que devem ser registradas nesta semana. Em 2013, chegou a nevar em Curitiba e em diversos locais da região Sul foram registradas temperaturas negativas. Já em 2016, a cidade de São Paulo (foto acima) chegou a registrar 3,5º C.

"A previsão é de que São Paulo chegue a reportar temperatura mínima de 4º C. Essa não será, portanto, a onda de frio mais intensa do século – nem em São Paulo nem no Centro-Sul do Brasil, de forma geral. As temperaturas desta semana, no entanto, serão as mais baixas do ano na capital paulista. Até o momento em 2021, o valor mais baixo marcado pelos termômetros na cidade foi de 6,3º C, no final de junho", afirma Carine

A temperatura pode ficar abaixo de -15 º C na região Sul. Mito.

Nas áreas serranas de Santa Catarina, é possível que sejam registradas temperaturas entre -8º C e -10º C. Não há nenhuma previsão de que quaisquer áreas da região Sul chegarão a -15º C ou abaixo disso nesta semana.

"Este ano, a cidade de Urupema (foto acima), em Santa Catarina, chegou a registrar -8,2º C. Um lugar que fez ainda mais frio foi o Parque Nacional de Itatiaia, no Rio de Janeiro, onde os termômetros marcaram -9,9º C. Trata-se de uma área com mais de 2 mil metros de altitude, o que faz com que as temperaturas caiam bastante", diz a meteorologista

A sensação térmica pode chegar a -25º C na serra da região Sul. Verdade.

Alguns pontos da serra catarinense, como Urupema (foto acima) e Bom Jardim da Serra, podem chegar a ter uma sensação térmica entre -20º C e -25º C. O fenômeno se deve a três fatores: temperatura, vento e umidade.

"Se há baixa temperatura, ventos fortes e umidade elevada, a sensação térmica pode ser bem abaixo do que a temperatura registrada pelos termômetros. Por outro lado, em locais úmidos como a floresta amazônica, onde as temperaturas são altas e não há vento, sente-se mais calor do que realmente está", afirma a especialista

Há risco de neve no estado do Rio de Janeiro. Mito.

Não há nenhum risco de neve no estado do Rio de Janeiro. Inicialmente, os modelos meteorológicos apontaram uma possibilidade remota de neve de baixa intensidade na região de Itatiaia, mas logo foi desconsiderada.

"Para que haja neve, é preciso de temperaturas muito baixas e alta umidade disponível na atmosfera — uma vez que a neve nada mais é do que chuva congelada. Em Itatiaia, os termômetros devem marcar menos que -5º C, mas agora os modelos não mais indicam uma umidade tão alta disponível na atmosfera a ponto de nevar", diz Carine

A onda de frio desta semana será mais duradoura. Verdade.

De forma geral, isso é verdade, sobretudo na região Sul. As temperaturas começam a cair bastante na noite de terça-feira (27) no centro-oeste de Santa Catarina e em partes do Paraná e devem se permanecer baixas até sábado (31), com possibilidade de neve e geadas. Já na região Sudeste o frio não deve ser tão duradouro.

"Nessa região, as temperaturas mais baixas devem ser registradas na sexta-feira (30) e, a partir de sábado (31), já volta a esquentar ligeira e gradativamente. No domingo (1º), por sua vez, há possibilidade de chuvas isoladas em São Paulo, o que ajudará a conter a queda de temperatura, uma vez que as nuvens servem como um 'cobertor térmico'", afirma a meteorologista

Temperaturas negativas serão observadas em Porto Alegre. Mito.

Os termômetros ficarão abaixo de zero em diversos pontos do Rio Grande do Sul, mas não em Porto Alegre (foto acima). Há possibilidade de neve em alguns trechos do estado gaúcho e geada ampla em todo o Rio Grande do Sul, bem como em algumas regiões dos estados do Mato Grosso do Sul, São Paulo e sul de Minas, além de Itatiaia, no Rio de Janeiro.

"Alguns desses pontos do Rio Grande do Sul onde serão registradas temperaturas negativas são a serra gaúcha, o norte do estado, algumas áreas do centro (como a região de Santa Maria) e trechos de Uruguaiana, cidade situada na fronteira do Brasil com o Uruguai. Porto Alegre, por sua vez, não está na nossa rota", diz a especialista

Governos canadense e americano emitiram alerta sobre frio no Brasil. Mito.

Os especialistas utilizam modelos meteorológicos de vários países da Europa, como a Alemanha, e da América do Norte, como Estados Unidos e Canadá. Os governos dos Estados Unidos e do Canadá, no entanto, não emitiram qualquer alerta sobre a onda de frio no Brasil.

"As pessoas devem ter lido sobre os modelos meteorológicos e interpretado que os governos desses países fizeram esse alerta, mas não tem absolutamente nada a ver. É preciso tomar muito cuidado para não espalhar fake news", afirma Carine

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rio Branco - AC
Atualizado às 07h17 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 31°

23° Sensação
4 km/h Vento
94% Umidade do ar
67% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sexta (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva