Sexta, 17 de Setembro de 2021 17:04
(68) 99971-5137
Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Paixão

Rayssa nos fez sonhar, acreditar, sentir como é bom ser brasileiro e ter uma pessoa iluminada como ela a nos apontar o caminho da felicidade, da honra, da alegria e da competência

27/07/2021 12h07 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Rayssa Leal fez história no skate e na Olimpíada.
Rayssa Leal fez história no skate e na Olimpíada.

Prejuízo

Os parlamentares e lideranças acreanas que defendem o governo Bolsonaro no Acre precisam explicar a seus eleitores a nova proposta do governo de cortar o Imposto de Renda dos mais ricos e penalizar os mais pobres. É verdade. Esse é o teor da proposta do relator do PLC 2337, que tira 30 bilhões das contas públicas. Desse valor, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca que R$ 13,1 bilhões serão subtraídos dos cofres municipais, enfraquecendo os serviços públicos prestados à população mais vulnerável. E de todos os estados da federação, o mais prejudicado será o Acre, proporcionalmente.

Absurdos

A proposta reduz pela metade, de 25% para 12,5%, a alíquota do IRPJ das grandes empresas, produzindo uma perda esperada de R$ 100 bilhões para os cofres públicos, sendo R$ 24,5 bilhões para os municípios. E cria a falácia de que isso seria compensado pela tributação de rendimentos. Acontece que a faixa de isenção é muito elevada, de R$ 240 mil anuais por sócio, e isenta a transferência de dividendos entre empresas de um mesmo grupo, o que favorecerá a retenção de lucros pelas famílias mais ricas que se organizam sob a forma de holding para fugir da tributação sobre herança e, agora, também da tributação sobre dividendos.

No Acre

No Acre, o prejuízo anual é estimado em R$ 310 milhões de verba do FPE, para o estado e R$ 59 milhões em FPM para os municípios. E tem gente que bate palma para doido dançar. Claro que isso aparecerá nas eleições.

Paixão

Com tantos problemas nesse país, a esperança encontra uma maneira de se mostrar. O sorriso, a confiança, a determinação de Rayssa Leal, a fadinha de prata do skate, mostra que este país tem jeito, que seu povo é maior que as agruras. Rayssa nos fez sonhar, acreditar, sentir como é bom ser brasileiro e ter uma pessoa iluminada como ela a nos apontar o caminho da felicidade, da honra, da alegria e da competência. O Brasil está caído de amores, com razão, pela fadinha.

Imagem

Um vídeo viralizou ontem nas redes sociais, atribuído ao prefeito Tião Bocalom, que aparecia chutando a marca do pênalti em uma quadra pensando que é uma bola. A assessoria garantiu não ser o prefeito. A internet não perdoou os memes e a zoeira. Faz parte da realidade das redes.

Planejamento

Mesmo com a explicação da assessoria é bom lembrar que todas as aparições públicas de um gestor ou político precisam ser planejadas. E quem pode planejar isso é a assessoria de comunicação ou o cerimonial. Uma omissão e a coisa desanda geral. Assessoria nesse sentido é investimento, e não gasto como muitos pensam.

Aulas

O Conselho Estadual de Educação autorizou a volta às aulas presenciais, com todas as medidas sanitárias e de modo escalonado, híbrido, mesclando aulas físicas com outras remotas. A palavra final fica com o Comitê da Covid.

Presencial

O governo também deve começar agosto com trabalho presencial em quase todos os setores, com o avanço da vacinação. Na solenidade em Plácido de Castro, o governador Gladson Cameli reforçou a necessidade da vacina para aqueles que ainda não se imunizaram. No mundo inteiro as mortes estão acontecendo entre as pessoas que desprezaram as vacinas.

Posição

E o governador gravou e divulgou vídeo cobrando de seus auxiliares solução para pagamento de terceirizados que o abordaram em Cruzeiro do Sul. No vídeo, a cobrança por soluções imediatas foi dura. Bem fez a Educação que assumiu logo o acerto com os trabalhadores para depois se entender com as empresas. Quem trabalhou não pode ser responsabilizado pelas ações da empresa terceirizada. Foi o que disse o governador.

Com os índios

A direção do BNDES, inclusive seu presidente, vai pernoitar na aldeia sagrada dos Yawanawá, no Juruá, certamente uma experiência que levarão para toda a vida. Que isso sirva para que essas autoridades vejam com olhos diferentes a realidade e os desejos das populações tradicionais, que valorizem suas tradições e seu conhecimento ancestral.

Prova de vida

É um absurdo que idosos precisem se aglomerar em frente a uma agência bancária para fazer prova de vida. Nesses tempos de pandemia, isso poderia ser feito por meio digital, por vídeo, por WhatsApp ou com o banco designando funcionários para irem fazer a verificação. Está tudo errado nessa história. A pandemia não acabou, é bom lembrar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acre em notas
Sobre Acre em notas
Painel sobre política e bastidores das notícias
Rio Branco - AC
Atualizado às 18h51 - Fonte: Climatempo
34°
Nuvens esparsas

Mín. 22° Máx. 32°

37° Sensação
9 km/h Vento
44% Umidade do ar
67% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (18/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (19/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.