Terça, 27 de Julho de 2021 09:51
(68) 99971-5137
Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Palanque

Senador Ciro Nogueira é amigo antigo do governador, seu colega no Congresso Nacional, dirigente maior do Progressistas e líder do chamado Centrão

22/07/2021 09h54 Atualizada há 4 dias
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Senador Ciro Nogueira (Progressistas), escolhido por Bolsonaro para Casa Civil, insistiu para que Gladson Cameli voltasse ao partido após licenciar-se.
Senador Ciro Nogueira (Progressistas), escolhido por Bolsonaro para Casa Civil, insistiu para que Gladson Cameli voltasse ao partido após licenciar-se.

Palanque

A posse do senador Ciro Nogueira como ministro chefe da Casa Civil, encarregado do diálogo político do governo Bolsonaro, pode ser mais um alento para o Acre. Amigo antigo do governador, seu colega no Congresso Nacional, o senador é o dirigente maior do Progressistas e líder do chamado Centrão. Foi um dos que mais insistiram para que Gladson Cameli voltasse para o partido depois de se licenciar durante as eleições municipais.

Apoio

A presença de Ciro Nogueira no governo pode reafirmar o apoio federal à candidatura à reeleição de Gladson Cameli, o que no Acre é positivo, por ser um dos únicos estados em que o Bolsonaro mantém bons índices de aprovação. Acaba também por reforçar o nome de Mailza Gomes para o Senado. Há poucas semanas, o novo ministro já se pronunciara a favor da recondução da senadora acreana.

Contra ou a favor

O senador Márcio Bittar deu declarações pedindo para o presidente vetar o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, dizendo que é contra o financiamento público de campanhas. Seria posição relevante, a não ser por um importante detalhe: o senador votou a favor do fundo. Ou seja, façam o que eu digo, não façam o que eu faço. Difícil entender isso. É jogar para a plateia.

Envergonhado

É o voto envergonhado dos que pedem para o presidente vetar o fundão ou transformá-lo em algo mais palatável, em torno de ainda escandalosos R$ 3 ou 4 bilhões.  Nesse bolo dos que votaram a favor e agora fazem campanha contra, estão, além do senador Bittar, os próprios filhos do presidente, senador Flávio Bolsonaro e deputado Eduardo Bolsonaro.

Com Petecão

Cansado de esperar por um convite tantas vezes alardeado para ser secretário de estado – foi anunciado que assumiria a SEPA ou o Planejamento, Eduardo Ribeiro procurou outro rumo. Preferiu uma aliança com o senador Petecão e se filiou ao PSD. Saiu do PDT com um copo até aqui de mágoas, considerando que o partido o abandonou aos leões. Realmente, o governador não encontrou respaldo político e partidário para sua nomeação e o que lhe foi ofertado não o satisfez.

Vacinas

Pelo segundo dia Rio Branco só vacinou quem tomava a segunda dose. Só amanhã a prefeitura deve receber parte das 130 mil vacinas que chegaram ao Acre. É previsto um mutirão no final de semana, com a participação do governo do estado, que fará ações de apoio à vacinação em todos os municípios.

Protesto

Alguns governadores torceram a cara e protestaram contra a oferta de tantas vacinas para o Acre. Pelo menos em Brasília e na Bahia as reclamações foram públicas, com denúncias de quebra do pacto federativo e privilégios para áreas de fronteira. Nesse caso, o choro é livre.

Assédio

Depois do secretário Municipal de Saúde, Frank Lima, é a vez do pastor Idson Viana ser denunciado por condutas impróprias na Santa Casa em Rio Branco. Mais uma vez a negativa é enfática, com as habituais afirmações de ser homem de Deus, gente de bem, coisas do gênero que só mostram a misoginia e o sentimento de onipotência masculina. É que geralmente esse comportamento abusivo já se encontra tão incorporado à personalidade dessas pretensas autoridades que nem reconhecem o crime. Por isso é bom que aconteçam mais e mais denúncias desse tipo para mudar paradigmas.

Passar pano

Como sempre, também, tem sempre um superior, seja o prefeito, seja o provedor da Santa Casa para passar pano, para defender o suposto abusador, antes mesmo da investigação e da comprovação ou não da denúncia.  A suspeição recai sempre na mulher que denuncia, nunca no homem que é absolvido por antecipação. Reflexos de uma sociedade doente.

Desconsolo

O presidente da Câmara Municipal, vereador N. Lima, é a imagem do desconsolo com o prefeito Tião Bocalom. Diz com todas as letras que não se pode esperar nada de bom da administração municipal. Logo ele que foi apoiador de primeira hora e tem proximidade ideológica com Bocalom. Mas não esconde a desilusão.

Limpeza

O prefeito está jogando suas parcas fichas de credibilidade na anunciada Operação Limpeza, necessária, apesar da grandiloquência de ser proposta como a maior do Norte e outras bobagens. O cidadão quer mesmo a cidade limpa, como é seu direito, mas quer também que a varrição das ruas e a coleta de lixo, tarefas obrigatórias da prefeitura, deixem de ser vistas como grande conquista ou realização. É só tarefa diária e fundamental.

Óbitos

Foram descobertos 11 óbitos por COVID no estado que não estavam ainda computados e que aconteceram em épocas diferentes. Nada para assustar, não há um novo surto acontecendo, mas é bom se prevenir. A organização Mundial de Saúde aponta que o mundo já vive uma nova onda com a variante Delta e atribui ao atraso da vacinação em países periféricos. A COVID se alastra entre pessoas que recusaram a vacina. Uma constatação óbvia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acre em notas
Sobre Acre em notas
Painel sobre política e bastidores das notícias
Rio Branco - AC
Atualizado às 11h45 - Fonte: Climatempo
29°
Alguma nebulosidade

Mín. 21° Máx. 34°

33° Sensação
7 km/h Vento
70% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (28/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (29/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens