Terça, 27 de Julho de 2021 09:32
(68) 99971-5137
Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Farra

Em plena pandemia, com o auxílio emergencial do governo federal limitado a míseros R$ 250,00 ou menos por mês, a classe política, deputados e senadores aprovaram fundo eleitoral de R$ 5.7 bilhões

16/07/2021 15h07 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
ACRE EM NOTAS | Farra

Farra

Em plena pandemia, com o auxílio emergencial do governo federal limitado a míseros R$ 250,00 ou menos por mês, a classe política, deputados e senadores aprovaram fundo eleitoral de R$ 5.7 bilhões. O valor foi triplicado em relação à última eleição e vai beneficiar, principalmente, os grandes partidos. Os três senadores do Acre, Mailza Gomes, Sérgio Petecão e Márcio Bittar votaram a favor, assim como os deputados Alan Rick, Flaviano Melo e Mara Rocha. O único voto contrário foi do deputado Léo de Brito. Os demais se abstiveram ou não estavam na sessão. 

Solução

Há uma crise no mercado de imóveis do Acre, por causa da pandemia, com centenas de prédios comerciais e estabelecimentos fechados, para desespero dos proprietários que não encontram inquilinos. Mas alguns têm mais sorte que os outros. O prédio na Avenida Getúlio Vargas, há anos fechado e que pertence nominalmente ao empresário Mauro Bittar, irmão do senador Márcio Bittar, foi alugado para a prefeitura instalar lá o novo Saerb. O que haveria por trás de um negócio desses? Em política não existe almoço grátis.

Cancelado

Por determinação judicial, a prefeitura teve que cancelar o contrato com a empresa mineira Quebec Soluções e Tecnologia no valor de R$ 32,9 milhões para realização da coleta de lixo de Rio Branco. A empresa já era inidônea, condenada por crime de improbidade administrativa no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O secretário municipal da Zeladoria, Joabe Lira, recebeu a comunicação do TJAC da decisão do juiz  Anastácio Lima de Menezes Filho e teve que cancelar o certame e a contratação. Mais um item para a lista de trapalhadas municipais.

Diretrizes

R$ 6.949.214.000,00. Este será o valor do orçamento do estado para 2022 aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias pela Assembleia Legislativa. Desse total, o Executivo fica com cerca de 80%, O TJAC com 8%, a Assembleia Legislativa com 5,3%, o Ministério Público Estadual com parcela de 4%, o Tribunal de Contas com 1,9% e a Defensoria Pública com o menor percentual, de 0,9%. Mesmo com recursos nesses valores, os poderes e instituições terão que apertar os cintos para as despesas.

Festa

A Câmara Municipal de Rio Branco, que vem se destacando nessa legislatura pela fiscalização rigorosa dos atos da prefeitura, com boa atuação de seus vereadores em conjunto, pisou na bola na última sessão do semestre. Aprovou um trem da alegria, criando mais 68 cargos nos gabinetes de cada parlamenta, que passam a ter 12 assessores cada um, em vez dos oito atuais. São cargos de amplo preenchimento, ou seja, eles nomeiam quem quiserem.

Votos

O projeto teve a adesão e o voto de onze vereadores, quatro estavam ausentes, o vereador Emerson Jarude votou contra e a vereadora Michele Melo se absteve. Mas todos terão direito às mais quatro vagas.

Extinção

O Painel Científico para a Amazônia (SPA, sigla em inglês), que  reúne pesquisas sobre a maior floresta tropical do mundo de 200 cientistas ao redor do globo, produziu relatório de 33 capítulos com conclusões assustadoras. Mais de 10 mil espécies de plantas e animais correm o risco de extinção devido à destruição da floresta amazônica - 35% da qual já foi desmatada ou degradada, segundo apurado no estudo. Essa é a avaliação mais detalhada do estado da floresta até agora e deixa claro tanto o papel vital da Amazônia ao clima do mundo quanto o profundo risco que está sofrendo.

Degradação

Reduzir o desmatamento e a degradação da floresta a zero em menos de uma década é crucial, disse o relatório, que também pede por um grande reflorestamento em áreas já destruídas. Vai ao encontro do que prega Gilberto Gil ao abraçar a proposta de reflorestar. A floresta tropical é um baluarte vital contra as mudanças climáticas pelo carbono que absorve e pelo que armazena. Segundo o relatório, o solo e a vegetação da Amazônia guardam 200 bilhões de toneladas de carbono, mais de cinco vezes todas as emissões anuais de CO2 do mundo. E isso está se perdendo com o fogo, a cobiça, o descaso e a omissão criminosa.

Desmatamento

Ao contrário do que apregoa o governo federal, de conter a destruição da floresta, o desmatamento na Amazônia voltou a aumentar no mês de junho, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Foram suprimidos mais 1.062 mil quilômetros quadrados de vegetação, 1,8% a mais em comparação com o mesmo período no ano passado. Mil quilômetros quadrados!!! E ainda nem é o pico da época de desmate, que começa de forma mais perigosa em agosto.

Facção

Relatório do 15º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostra que o Acre está dominado pela facção do Comando Vermelho. Por um lado, isso evitou que o número de homicídios aumentasse em 2020, ficando no mesmo patamar de 2109, porque a guerra entre grupos criminosos amainou com a prevalência da fação carioca. Entretanto, houve aumento do tráfico de drogas, especialmente nas rotas do Juruá, que passa por Porto Walter e na do Vale do Acre, que entra por Assis Brasil. O quadro é preocupante.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acre em notas
Sobre Acre em notas
Painel sobre política e bastidores das notícias
Rio Branco - AC
Atualizado às 11h25 - Fonte: Climatempo
29°
Alguma nebulosidade

Mín. 21° Máx. 34°

33° Sensação
7 km/h Vento
70% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (28/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (29/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens