Segunda, 24 de Janeiro de 2022 15:33
(68) 99971-5137
Cultura Poesia

AlFeNiM CoM RaPaDuRa | Meu inesquecível Cafezal

Aquele encontro tão desejado, deixou o poeta alquebrado, sofrido, inanimado

06/07/2021 00h00
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
AlFeNiM CoM RaPaDuRa | Meu inesquecível Cafezal

Por Mauro Modesto

Meu inesquecível Cafezal

Estou indo à beira
do meu igarapé Cafezal,
na probabilidade de ver
o sol apontar entre
as folhagens das árvores,
de me fazer voltar
ao tempo de menino travesso.

Aquele encontro tão desejado,
deixou o poeta alquebrado,
sofrido, inanimado.
Choro de tristeza!
Água, que antes era azul e cristalina,
se transformou em esgoto, latrina.

A vista escureceu, 
o corpo desequilibrado, estonteado...
Não consegui lembrar
das nossas brincadeiras de manja,
quem pescava o peixe maior,
quem saltava da árvore mais alta,
concurso de canga pé,
quem seria o primeiro
a chegar e pular na água,
quem ficava mais tempo
com a cabeça submersa.

Tento voltar à felicidade
dos meninos de minha mocidade,
nas águas do meu Cafezal,
outrora depurada e cintilante...

... Estou envergonhado e decepcionado de certificar que o meu Cafezal está morto e abandonado. Era lindo, magistral onde vivi meus anos de verdor!

Hoje velho, cansado e descamisado, lembrar de sua importância é desolador. E o pior é acompanhar sua grande dor...

Soberana do meu prazer

Senhora dona do meu querer, do meu amor, da minha saudade, soberana do meu prazer, juíza das minhas leis, da minha vontade, da minha razão, de tudo que a mim acontece, até do corpo que me aquece.

Depois que você veio para meus versos, deixei de ser solitário. Em mim tudo mudou, até o itinerário. Minha vida está tão maravilhosa que esqueci o dia do meu aniversário.

Em compensação, conheci e arrebatei, por antecipação, minha felicidade: a lua e o sol da minha rua que brilham a todo vapor! Meu coração, que já foi batizado, hoje convive com a calmaria, sem dor, sem pressa e compondo poesia!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.