Segunda, 24 de Janeiro de 2022 15:09
(68) 99971-5137
Saúde Opinião

CONVERSANDO COM MEUS BOTÕES | A meditação

A mente é impaciente, observar a si mesmo nunca foi fácil, é difícil saber quem realmente somos

31/05/2021 10h48 Atualizada há 8 meses
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
CONVERSANDO COM MEUS BOTÕES | A meditação

Por Iris Tavares

Prática efetiva significa observar as sensações do corpo e as reações mentais, as sensações de modo metódico e contínuo.

Colocar de lado todas as descrições de outras pessoas, observar a mente, se focar na sua própria experiência.

A consciência é o maior mistério do universo. Nos últimos anos estudiosos da mente demonstram interesse nessa técnica de meditação.

Uma meditação séria exige muita disciplina. A mente é impaciente, observar a si mesmo nunca foi fácil, é difícil saber quem realmente somos.

O campo de batalha é o corpo, começando com a respiração (não existe nada mais próximo, e ao mesmo tempo tão desconhecido e misterioso, que nossa respiração). Passaporte para meditação.

Uma pessoa deveria dedicar várias horas do dia a uma respiração plena, profunda, completa. Lupelius, em “A Escola Dos Deuses”, chegou à conclusão e preconizava que no futuro toda escola, comunidade ou organização humana adotaria uma Educação da respiração.

A meditação é uma oportunidade de criar o que você virá a ser, mediante um mergulho no mundo invisível do pensamento, o de simular seu plano como que num ensaio divino para o concerto da vida. Você receberá as respostas que procura.

• Estabelecer relacionamentos que sejam verdadeiramente mágicos significa não julgar o próximo.

• Criar pensamentos voltados para o tipo de relacionamento que deseja estabelecer, aperfeiçoar-se em olhar as pessoas a sua volta como reflexo do milagre que deseja realizar. Não há outro caminho.

O universo e tudo que nele se encontra tem uma finalidade.

Sua vida tem uma grande missão divina que precisa ser descoberta pois só assim você começa a realizar milagres.

Você deve saber e agir como se estivesse cumprindo essa necessidade DIVINA.

Os relacionamentos pessoais, cada um deles, são igualmente parte dessa necessidade divina. É necessário que a noção de necessidade divina esteja firmemente plantada em sua mente de modo que possa começar a atuar através dela cotidianamente e desaprender velhos hábitos quem impedem os milagres.

A qualidade de nossas vidas é diretamente proporcional à qualidade do relacionamento que mantemos com as pessoas e para completar a equação, nossos relacionamentos com as pessoas são um reflexo de como nos relacionamos conosco.

Só quando ama a si mesmo, é capaz de passar amor ao próximo.

O que se encontra em seu interior, só pode ter chegado lá através de seus pensamentos; não há outra via de acesso.

Se você se sintoniza com a meta maior, e dirige sua vida para seu sonho, seus relacionamentos também refletirão essa postura da vida.

Lembre-se de que a meta maior da vida está ligada à Doação, a adquirir sim, nunca reter para o resto da vida, tudo que pode fazer de sua vida é doá-la a serviço do próximo.

AS CIRCUNSTANCIAS NÃO FAZEM O HOMEM: REVELAM-O.

Não ter dinheiro é uma situação temporária a que todos estamos sujeito vez por outra, ao passo que ser pobre é uma atitude, um conjunto de crenças que são reforçadas quando passamos a culpar as circunstâncias da vida pelo de fato de sermos pobres. Livro: banqueiro dos pobres!  Um beijo da Iris.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.