Segunda, 24 de Janeiro de 2022 14:23
(68) 99971-5137
Emprendedorismo Opinião

CONVERSANDO COM MEUS BOTÕES | Vida criativa sem medo

A capacidade de pensamento criativo implica o dom de imaginar possibilidades diversas, ser persistente no trato de um problema e ter altos padrões de trabalho

24/05/2021 11h35 Atualizada há 8 meses
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
CONVERSANDO COM MEUS BOTÕES | Vida criativa sem medo

Por Iris Tavares

Acredito que a Criatividade seja uma força de encantamento, pura magia. Imaginamos que nosso planeta é habitado por vários seres vivos, mas também por ideias (uma forma de vida energética) sem um corpo material, mas com consciência e vontade própria e precisa se manifestar através da colaboração de um parceiro humano.

As ideias passam a eternidade rodopiando a nossa volta, buscando receptividade e que o parceiro esteja disponível para qualquer tipo de manifestação: artística, científica, comercial, ética, religiosa ... Quando uma ideia acredita que encontrou alguém para trazê-la ao mundo, ela tenta chamar a sua atenção! Quase sempre você não percebe por estar tão consumido com seus dramas, talvez não nota porque está assistindo TV, remoendo a raiva por alguém ...

A IDEIA tenta fazer sinal pra você parar (talvez por alguns minutos, talvez por alguns meses, talvez até por alguns anos) mas quando finalmente percebe que você está alheio, PASSA para outra pessoa.

As vezes em ocasiões raras, porém magníficas - chega um dia em que você está aberto e relaxado para perceber algo. Talvez tenha baixado a guarda e então a magia consegue se infiltrar. E com essa abertura ela começa a trabalhar em você. Envia os sinais de inspiração, aquela sensação de estar se apaixonando, sendo dominado pela obsessão. A ideia organiza coincidências, você começa a decifrar os sinais. Tudo que vê ou toca faz lembrar uma ideia. Ela acorda você no meio da noite e o distrai da sua rotina diária, não deixa você em paz até ter toda a sua atenção. Então, em um momento tranquilo, ela pergunta: QUER TRABALHAR COMIGO? Você pode aceitar ou recusar (recusando ela parte para buscar um outro corpo atrativo capaz de colocá-la em prática!).

Às vezes você entende que essa ideia não é para agora e será melhor liberá-la. Agradecendo e honrando a sua visita. E se você diz sim! É hora do espetáculo começar. Você pode receber suas ideias com respeito e curiosidade e não com drama ou temor.

“Sempre comparo uma ideia a um fio de ouro. “É algo realmente belo, encantador, mais também frágil”, diz o desenhista Chuck Jones.

Você vai remoendo essa ideia, que é um SIM... e “sim” significa contribuir, ajudar - eu preciso de ajuda para ter forças para viver.

A capacidade de pensamento criativo implica o dom de imaginar possibilidades diversas, ser persistente no trato de um problema e ter altos padrões de trabalho. “Inclui também o dom de inverter as coisas na mente, como tornar       o estranho conhecido e o conhecido estranho.”  A vontade de assumir riscos, e à sua coragem de tentar algo que nunca tentou antes.

Finalmente, o elemento que de fato cozinha o refogado criativo é a PAIXÃO.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.