Terça, 27 de Julho de 2021 09:55
(68) 99971-5137
Esportes Opinião

Construção do corpo funcional e esportivo

Os trabalhos de reforço muscular são imprescindíveis para uma prática confortável e segura

14/05/2021 15h09
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Construção do corpo funcional e esportivo

Por Marcus Albuquerque

Após um rigoroso processo de avaliação física e funcional e a decisão sobre qual modalidade esportiva ou de condicionamento físico o sujeito quer praticar, começa o processo de capacitação corporal para segurança e eficiência prática.

De dentro para fora, fortalecer o conjunto ossos-articulações-músculos para conseguir o melhor esforço com o menor risco. Em caso de alguma falha estrutural nestes três pontos básicos, o treino começa com a correção e alinhamento da parte afetada, concomitantemente ao desenvolvimento e despertar geral do resto do conjunto corpóreo. A base de ativação geral leva em consideração os três aspectos primordiais: potência muscular, resistência cardiorrespiratória e flexibilidade. Parte daí todo o processo de adaptação aos moldes mais específicos e especiais da prática desejada, pois esta trilogia é o pilar do corpo saudável, de onde derivam todos os outros momentos de ativação fisiológica que sejam necessários durante a atividade física.

Temos então os grandes grupos de práticas sistemáticas e suas subdivisões clássicas:

- esportes individuais:

* praticados por si (natação, levantamento de peso, tiro esportivo e com arco, atletismo, escalada esportiva, ginástica artística, saltos ornamentais, equitação, algumas modalidades de iatismo, golfe etc.)

* praticados contra um oponente direto (lutas, tênis regular e de mesa, xadrez, badminton, squash etc.)

- esportes coletivos:

* sem contato com o oponente (canoagem em equipe, voleibol, tênis em duplas, kata de lutas em equipe, algumas modalidades do iatismo, corrida e natação de revezamento etc.)

* em contato com o oponente (futebol, handebol, rúgbi, basquete, futsal etc.)

Lembrando que o número de esportes é subdimensionado pela memória, também acrescido de regionalidades e sazonalidades (esportes de inverno e verão, por exemplo).

Então, com o corpo em alinhamento com uma saudável funcionalidade primária, o estudo de caso da atividade escolhida é quem vai subsidiar o conteúdo para os treinos subsequentes. Cada atividade tem suas peculiaridades divididas entre as valências físicas tradicionais já citadas em artigo anterior, e as capacidades físicas imprescindíveis para uma prática em estado ótimo de atenção e resposta fisiológica.

Na avaliação física inicial vem o primeiro corte de possibilidades: o desenvolvimento de habilidades e determinadas valências físicas dependem da carga genética e da estrutura corporal do indivíduo. Não se consegue um desempenho satisfatório específico se o indivíduo não preenche os requisitos identificados na classificação de somatotipologia (modelo corporal segundo cálculos de classificação na somatocarta – ver artigos anteriores). Com exceção dos esportes que apresentam cortes de categorias de peso, como as lutas, o levantamento de peso etc. ou padrões de exigências de esforço diferenciadas, como natação e atletismo (pode-se nadar 50m ou 10km, como correr 100m ou 42km – o que altera substancialmente o tipo de praticante e o treino executado), porque qualquer pessoa pode praticar. Os esportes apresentam sua exigência de modelagem corporal especial, como, por exemplo, a ginástica artística e seus atletas de baixa estatura e explosão muscular fenomenal, o basquete e seus gigantes com resistência muscular geral muito acentuada, os maratonistas longilíneos e os patinadores leves extremamente habilidosos.

Estes conceitos do parágrafo acima são para os que vão praticar o esporte ou atividade física com intenções de competir, mesmo que em nível amador. A prática por si, como fator de lazer adjunto ao ganho de condicionamento físico, permite que qualquer pessoa pratique qualquer esporte, com os mesmos benefícios secundários além da qualidade de vida que os competidores de todos os níveis.

O importante é se mexer!

Os trabalhos de reforço muscular são imprescindíveis para uma prática confortável e segura. Iniciar com um trabalho direcionado aos grandes grupos musculares, depois fazer as divisões por objetivos, que serão determinados pela atividade praticada. Um dos grandes perigos da prática não supervisionada é o excesso de exercícios, muitas vezes, não naturais, somado ao fraco desempenho muscular, que acarreta as lesões nas estruturas.

Geralmente a flexibilidade geral vem embutida no treino de força, que já acarreta um ganho natural neste quesito. Pode ser incrementada por treinos específicos e com maior intensidade, o que também depende dos objetivos específicos.

A condição cardiorrespiratória vem do somatório de treinos gerais para ganho e aumento dessa função, além dos regulares da prática da atividade em si, que traz o condicionamento moldado para a função exigida. Por exemplo, pode-se incrementar esta condição com corridas, pedaladas ou nadando, mesmo que se pratique voleibol, que não tem nenhuma correlação com estas modalidades. Terá o ganho geral, utilizando um dos primeiros atos, e o ganho específico, na prática da atividade escolhida.

Para melhorar substancialmente o desempenho, é importante que o planejamento contemple muito mais as exigências únicas que gerais, criando economicidade, praticidade e seguridade fisiológica durante os treinos. Caso não haja competição, a densidade de carga do treino, que é o somatório dos fatores que influenciam o desgaste durante as práticas corriqueiras, deve estar diluída em período de tempo que contemple melhoras dos itens avaliados antes do início da prática e intervalos de recuperação, ativa ou passiva, para um novo incremento de carga. Caso haja competição, isto nos dará a oportunidade de escrever um novo artigo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Marcus Albuquerque
Sobre Marcus Albuquerque
Professor de educação física, especialista em judô olímpico e pilates.
Rio Branco - AC
Atualizado às 11h45 - Fonte: Climatempo
29°
Alguma nebulosidade

Mín. 21° Máx. 34°

33° Sensação
7 km/h Vento
70% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (28/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (29/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens