Sábado, 12 de Junho de 2021 16:41
(68) 99971-5137
Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Quinze

A deputada Vanda Milani denuncia que a verba de emenda parlamentar de sua autoria, que destinou R$ 18 milhões para a construção da orla do rio Acre no Quinze, belo projeto urbanístico que poderia valorizar muito aquela área histórica da capital, está parado na SEDUR

13/05/2021 12h16 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Deputada federal Dra. Vanda Milani (Solidariedade-AC). Imagem: Agência Câmara de Notícias
Deputada federal Dra. Vanda Milani (Solidariedade-AC). Imagem: Agência Câmara de Notícias

Problemas no paraíso

Em Acrelândia, terra prometida para muitos acreanos, aonde deveria jorrar leite e mel depois de administrações perfeitas, o atual prefeito Olavinho teve confirmada no TJ sua condenação a três anos de prisão, em regime aberto, mais multa de pelo crime de receptação de gado roubado. Dessa vez, a pena foi mantida ao rejeitar o recurso na Justiça Estadual.

Pena

Olavinho teve direito à substituição da pena de reclusão por prestação de serviços à comunidade, seis horas por semana, por três anos e multa de R$ 5 mil, mas o pior efeito da decisão é que fica teoricamente inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. Seus advogados fizeram o agravo para efeito de prequestionamento e tentar um recurso especial no STJ. O Tribunal acreano é que decidirá se existe possibilidade dessa subida de autos.

Mais uma

Mais uma prova do descaso da prefeitura de Rio Branco. A Unidade de Tratamento e Disposição Final de Resíduos Sólidos (UTRE) de Rio Branco, na BR-364, obra que custou R$ 11 milhões ao erário, em 2010, e até foi premiada pela Caixa Econômica Federal entre as Melhores Práticas em Gestão Local está virando um lixão.

Terra arrasada

Parece que a estratégia da prefeitura é fazer a política da terra arrasada. Destruir tudo o que foi feito antes, culpar as administrações passadas, para depois tentar recuperar e se fazer de salvador da pátria. Uma opção muito perigosa, que costuma falhar em 100% dos casos.

Quinze

A deputada Vanda Milani denuncia que a verba de emenda parlamentar de sua autoria, que destinou R$ 18 milhões para a construção da orla do rio Acre no Quinze, belo projeto urbanístico que poderia valorizar muito aquela área histórica da capital, está parado na SEDUR. Pior ainda, corre o risco de ter o dinheiro devolvido porque o projeto não foi apresentado. Não se pode perder R$ 18 milhões de uma obra de vulto dessas. O governador precisa tomar ciência do problema e cobrar da SEDUR, um dos grandes gargalos de seu governo. Entra secretário, sai secretário e as coisas não andam.

Projetos

A SEDUR deveria ser a secretaria dos grandes projetos, alimentadora das grandes obras, algumas ações de governo foram levadas para outros locais. O Planejamento e o Deracre cuidam do projeto dos ramais, do anel viário do Vale do Acre. A SEDUR precisa fazer o seu papel.

PROS

No PROS não ficou ninguém nem para entregar a chave da sede do partido para a deputada Vanda Milani. A executiva estadual, municipal, o dirigente Dêda, a deputada Maria Antônia, o prefeito de Rodrigues Alves, os dois vice-prefeitos de Capixaba e Epitaciolândia, todos os vereadores eleitos decidiram deixar o partido depois da tomada de poder pelo grupo da deputada. O destino de todos será o PODEMOS, reforçado pela filiação do ex-deputado Ney Amorim, que pegou a legenda de porteira fechada no Acre para estruturar como quiser.

Fica

Ao contrário do que muitos previram, o deputado Jonas Lima não pretende deixar o PT. Ele disse que há um mal-entendido e que o partido respeita a posição de seu grupo político de não apoiar a CPI da Educação, sem que isso signifique o rompimento. Que explicou sua posição ao deputado Daniel Zen e que ele quer encerrar o mandato e sua carreira política, já que não será mais candidato.

CPI

Na CPI da Covid, no Senado, está acontecendo um fato interessante: descobriu-se que a recomendação do uso da cloroquina contra a pandemia não teve responsável. Ou melhor, todo mundo está tirando o corpo fora, apagando postagens de apoio, escondendo vídeos no YouTube, negando do entrevistas dadas, fazendo “a egípcia” a respeito do assunto. Desse jeito vai sobrar para a ema do Planalto a responsabilidade pela recomendação combatida pela ciência.

Pinóquio

Aliás, o ex-secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten também entrou em várias saias justas no seu em depoimento ontem no Senado. O relator Renan Calheiros se referiu ao depoimento como “repetição inacreditável de mentiras”.
Wajngarten entrou em contradição por várias vezes. Negou que usou o termo “incompetência” para se referir às dificuldades de obter vacinas no período em que o Ministério da Saúde era comandado pelo ex-ministro Eduardo Pazuello.

Porém…

Ocorre que Wajngarten negou ter dito “incompetente”. “A revista não diz isso, e eu não chamei. Basta ler a revista.” Em seguida, a Veja liberou o áudio de um trecho da entrevista, e o ex-secretário tinha dito, de fato, o termo.
Vergonha nacional!

Aqui

Aqui também, o prefeito Bocalom, que quis comprar R$ 700 mil de hidrocloroquina e Ivermectina para “repor estoques”, agora diz que nunca recomendou, nunca incentivou, nem sabe o que é isso. Essa é a maravilha e a vantagem da imprensa: registrar e deixar para posteridade o que se tenta negar de acordo com as conveniências.

Tudo acontece

Depois do grupo do ex-prefeito Vagner Sales, com quem o governador deve conversar no próximo fim de semana, outra aparição que se julgava impossível: na audiência com o ministro Tarcísio Gomes, da Infraestrutura, para acertar o viaduto da Corrente, quem estava ao lado do governador era o deputado Roberto Duarte, até agora um de seus mais firmes críticos. Na política do Acre, peixe voa e passarinho respira debaixo d’água.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acre em notas
Sobre Acre em notas
Painel sobre política e bastidores das notícias
Rio Branco - AC
Atualizado às 18h25 - Fonte: Climatempo
24°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 26°

24° Sensação
6 km/h Vento
78% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (13/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Segunda (14/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens