Sábado, 12 de Junho de 2021 16:36
(68) 99971-5137
Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Infrações

O presidente cometeu algumas infrações que, se fossem feitas pelo cidadão comum, resultariam em pesadas multas, condução à autoridade policial e até problemas com a Justiça

08/05/2021 12h09 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que preside o Conselho Nacional de Trânsito (Contran).
Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que preside o Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Acontecimentos

Seria cômico, se não fosse trágico, verificar que o menor tempo do discurso do presidente Bolsonaro foi dedicado à ponte do Madeira e sua importância para o Acre e Rondônia. O presidente preferiu falar para sua seita, para os apoiadores fanáticos e para aqueles que pegariam seu discurso para postar em redes sociais e no Youtube, em canais políticos da direita e do gabinete de ódio. E tome críticas, ameaças, condenação das medidas sanitárias, ataque às instituições.

Infrações

O presidente cometeu algumas infrações que, se fossem feitas pelo cidadão comum, resultariam em pesadas multas, condução à autoridade policial e até problemas com a Justiça. Ele ficou sem máscara, promoveu aglomeração, andou de moto na ponte em alta velocidade, sem capacete e sem qualquer proteção (exceto um perceptível colete a prova de balas sob a camisa), ameaçou poderes constituídos, pregou o uso de violência para acabar com movimentos que classificou de terroristas. Esse é o presidente Bolsonaro!

Explicação

Bolsonaro posou mais com a bandeira de Rondônia do que com a do Acre. Não porque a ponte fica naquele estado É que em pelo menos uma foto ele ficou com o rosto exatamente alinhado com a estrela vermelha da bandeira acreana. Até explicar que não era a estrela do PT, mas o astro tinto do sangue de heróis, como diz o hino acreano... Para quem considera que a estrela da cerveja Heineken é símbolo do PT, fica mesmo difícil.

À vontade

Quem estava mais à vontade na inauguração era o governador Gladson Cameli. Com bom humor, brincou com o governador de Rondônia, reivindicando a ponte para o Acre, teve apoio maciço da bancada acreana, passeou pela ponte com a primeira-dama Ana Paula, recebeu enxurrada de aplausos, enquanto os políticos de Rondônia eram vaiados. Como curiosidade, quase exatamente atrás de Gladson estava sentada a deputada Mara Rocha. Os dois não interagiram em nenhum momento. 

Afronta

Quando chegava à ponte, o governador foi afrontado por um cabo eleitoral da deputada Mara Rocha, com ataques pessoais. Gladson parou e foi conversar com o homem. Tentou estabelecer o diálogo, perguntando as razões por que ele estava insatisfeito com o governo, ficando claro que só queria um cargo de confiança. Não teve argumentos para responder aos questionamentos do governador, que explicou que a eleição é só no ano que vem, e que ele tem certeza de que esse desafeto ainda vai votar nele. Que a sua prioridade agora é salvar vidas. Gladson mostrou que a melhor resposta para ataques desconexos é a conversa, que desqualifica o atacante sem respostas claras.

Espera

As balsas trabalharam ontem pela última vez, transportando os caminhões que aguardavam a liberação da ponte e foram surpreendidos com a notícia que a estrutura de ferro da tenda e palanque só seria desativada hoje. É o fim da operação dessas balsas que, por mais de 50 anos, operaram naquele trecho, com um lucro incalculável.

Vida

Uma declaração polêmica do presidente, com a alegação de que o direito de ir às ruas sem isolamento é a verdadeira liberdade: “Vocês darão tudo, inclusive a própria vida, para manter a liberdade”. Vocês quem cara pálida?

Pesar

Hoje, dia 08 de maio lamenta-se os oito anos da morte do governador Orleir Cameli, vítima de um agressivo e intratável câncer no intestino. Entre o diagnóstico e a morte, não se passou um ano. A viúva, dona Beth Cameli, que mantém vivo o legado de Orleir, manda celebrar missa na catedral de Cruzeiro do Sul em sua memória. Orleir será lembrado para sempre como um visionário, o homem que enxergou e lutou pelo futuro do Acre.

Legado

Orleir estaria realizado se pudesse ter assistido à inauguração da ponte, que seria o ponto culminante da luta de sua vida, tanto como político ou empresário para a integração do Acre. Mas ficaria, também, triste, pela precariedade em que se encontra a BR-364 no trecho entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

Realizado

Quem está de sorriso de orelha a orelha com a inauguração da ponte é o empresário e integracionista Osvaldo Dias, CEO do Grupo Star, concessionárias Honda no Acre, e ex diretor regional da hoje extinta transportadora Expresso Araçatuba. Era madrugada quando partiu da capital acreana de moto com grupo de amigos ao rio Madeira para acompanhar a solenidade, quando, o após o descerramento da fita de inauguração, o presidente Bolsonaro, recusando-se a usar capacete, montou numa da potente AfricaTwin, realizando seu polêmico desfile. O Empresário trabalhou por décadas no transporte de cargas na Amazônia e é reconhecidamente um promotor da integração sul-americana e do moto turismo.

UPA

Com a diminuição dos casos de COVID já detectada, a UPA do segundo distrito deixará de ser a unidade de referência para a doença. Já não recebe mais pacientes ou casos suspeitos e passa por um processo de limpeza e desinfecção, permanecendo fechada para, a partir do dia 10, receber normalmente pacientes com outras queixas e necessidades.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acre em notas
Sobre Acre em notas
Painel sobre política e bastidores das notícias
Rio Branco - AC
Atualizado às 18h25 - Fonte: Climatempo
24°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 26°

24° Sensação
6 km/h Vento
78% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (13/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Segunda (14/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens