Sábado, 12 de Junho de 2021 16:37
(68) 99971-5137
Esportes Opinião

Esporte como meio de ganho de condicionamento físico

Busque sua escola de esportes e viva intensamente cada conquista. Sem esquecer que as academias são o melhor centro de preparação auxiliar, caso seu clube esportivo não apresente a estrutura de complementação física

08/05/2021 09h07
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Inúmeras são as opções da prática esportiva, escolha uma!
Inúmeras são as opções da prática esportiva, escolha uma!

Por Marcus Albuquerque

O Brasil é um dos únicos países do mundo onde a produção acadêmica sobre educação física tem maior número de produções no contexto de modalidades de treinos em academia que sobre a prática esportiva e treinamento desportivo em si.

Empiricamente pode-se creditar isto a uma inversão educacional sobre a busca da saúde pela prática de atividades físicas regulares versus o culto ao corpo. A educação sobre a prática regular de atividades físicas vem pela criação dos mecanismos de identificação das possibilidades. Geralmente, desenvolve-se na infância, tendo um grande volume de inserção na faixa etária de 4 a 12 anos, através de incentivos da escola. Mas... dentre os inúmeros problemas no Brasil que desvirtuam este posicionamento educacional, temos como destaque a pouca importância creditada à psicomotricidade infantil e às aulas de educação física em todo o contexto escolar, seja pelo padrão de distribuição das disciplinas na grade curricular anual, seja pelo despreparo do profissional de educação física aliado à infraestrutura escolar para receber as opções de práticas modais. Nas escolas públicas, temos os currículos nacionais já devidamente estruturados pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, que algumas vezes são utilizados também pelas escolas privadas, mas sem obrigatoriedade.

Os Parâmetros Curriculares Nacionais constituem um referencial de qualidade para a educação no Ensino Fundamental em todo o País. Sua função é orientar e garantir a coerência dos investimentos no sistema educacional, socializando discussões, pesquisas e recomendações, subsidiando a participação de técnicos e professores brasileiros, principalmente daqueles que se encontra mais isolados, com menor contato com a produção pedagógica atual.

Por sua natureza aberta, configuram uma proposta flexível, a ser concretizada nas decisões regionais e locais sobre currículos e sobre programas de transformação da realidade educacional empreendidos pelas autoridades governamentais, pelas escolas e pelos professores. Não configuram, portanto, um modelo curricular homogêneo e impositivo, que se sobreporia à competência político-executiva dos Estados e Municípios, à diversidade sociocultural das diferentes regiões do País ou à autonomia de professores e equipes pedagógicas.

Nestes documentos, as aulas de educação física atendem todas as demandas situacionais de contextualização corporal, que vai desde a higiene pessoal às manifestações culturais locais e regionais, deixando o esporte tradicional com uma pequena parcela de contribuição. Isto é sensacional, mas evidencia que o formato de dois turnos escolares não é suficiente para a formação plena das crianças. Este modelo é adotado por dois motivos básicos: nas escolas privadas, pelo mercado, nas públicas, pela possibilidade de expansão de atendimentos em uma mesma unidade.

Nos países com tradição olímpica de formação, que vem das escolas e universidades para fora, como clubes e associações esportivas (no Brasil isto é invertido e de baixo percentual de sucesso), os tempos extracurriculares tradicionais são destinados às formações complementares, como artes, música e esportes. Então as escolas são, na maioria, de tempo integral.

Então, no Brasil, o que seria exceção, virou regra. As academias têm muito mais alunos que escolas de esportes, clubes e associações desportivas em geral. Levando-se em consideração que são raros os casos de crianças que frequentam aqueles ambientes, temos uma déficit de formação esportiva na infância brasileira.

E o esporte, em qualquer idade, é uma rede de benefícios incontáveis, mas com alguns pontos mais marcantes:

Redução dos níveis de estresse - os exercícios estimulam a produção de endorfina, que são substâncias que nosso cérebro produz que estão relacionadas ao relaxamento e bom humor, ajudando no combate a problemas psicológicos, como a depressão.

Fortalecimento da autoconfiança – a auto imagem melhora bastante quando o praticante percebe que tem capacidade de superação de limites, de controle sobre reações adversas e de fortalecimento da disciplina, áreas transversais no cotidiano.

Aumento da concentração e foco – o esporte exige tomada de decisões imediatas, previstas e também inusitadas. Para isto, o controle mental, acuidade e ajuste fino das percepções do meio ambiente são fundamentais. No processo de envelhecimento, é fundamental a manutenção da atividade cerebral cognitiva em todos os seus aspectos, principalmente nestes citados anteriormente. Além disto a busca pelo aperfeiçoamento, relacionado a metas e objetivos do planejamento, mantem sempre a motivação e determinação pela superação de si e de marcas ótimas relativas ao esporte praticado.

Cognição aumentada – Estudo de 2012 da Universidade Foro Itálico de Roma comprovou que os esportes que requerem tomar decisões em frações de segundos melhoram a função cognitiva tanto em pessoas jovens como em idosos, o que permite reduzir problemas associados ao envelhecimento. Ainda segundo este trabalho, “O ideal é começar a praticar exercícios durante a infância, para que isso tenha influência na plasticidade cerebral e na aprendizagem de habilidades de coordenação e capacidade aeróbica e força. Um conceito bem interessante e cada vez mais estudado é o da plasticidade neuronal [capacidade de os neurônios formarem novas ligações], que é muito importante para o crescimento e a aprendizagem de crianças e adolescentes.”

Manutenção do peso corporal saudável.

A genética e o esporte escolhido como prática constante se aliam para manter um padrão de estrutura corporal saudável para o indivíduo. Mesmo nos esportes onde existe o corte de peso (as categorias definidas para a prática entre comuns, como os pesos do boxe e do judô), os atletas que apresentam um maior peso de gordura corporal apresentam ao mesmo tempo um fator compensatório, que é um balanço positivo entre esta carga de gordura, a massa muscular e o condicionamento cardiorrespiratório, ampliados e melhorados pelos treinos constantes.

Prevenção de risco cardíaco e comorbidades associadas ao sedentarismo.

A fisiologia de repouso de um praticante sistemático de esportes é seu melhor refúgio e auxiliar de combate a doenças tanto genéticas quanto adquiridas. O sistema de circulação sanguíneo em perfeito estado, aliado à capacidade respiratória de suprir a demanda exigida de oxigenação, faz a estrutura musculoesquelética se desenvolver e se manter em ativação ótima, servindo como preventivo e profilático.

Portanto, um corpo hábil, com atividade cerebral constante e intervalos de repouso regulares e alimentação saudável é seu maior aliado para uma vida plena e capaz.

Para escolher o esporte que deseja praticar, leve em consideração seu gosto pelo mesmo, a formação profissional do seu treinador, as estruturas físicas adequadas e seguras e seus objetivos. Os esportes de cadeia cinemática aberta (tomadas de decisões aleatórias situações de exposição do corpo a movimentos inusitados mas previsíveis em frações de segundos – como as lutas, voleibol, futebol, tênis etc.) tem maior influência no desenvolvimento geral pleno que os de cadeia fechada (cíclicos simples, como corridas de pista e natação).

Busque sua escola de esportes e viva intensamente cada conquista. Sem esquecer que as academias são o melhor centro de preparação auxiliar, caso seu clube esportivo não apresente a estrutura de complementação física.

Observação: nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que estão previstos para 24 de julho de 2021, teremos 46 esportes representados. Portanto, as opções são para todos os gostos e situações, levando-se em conta que nem todos os esportes estão lá, mas é a maior vitrine mundial e a que mais influencia as novas gerações às práticas regulares.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Marcus Albuquerque
Sobre Marcus Albuquerque
Professor de educação física, especialista em judô olímpico e pilates.
Rio Branco - AC
Atualizado às 18h25 - Fonte: Climatempo
24°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 26°

24° Sensação
6 km/h Vento
78% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (13/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Segunda (14/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens