Domingo, 09 de Maio de 2021 10:42
(68) 99971-5137
Política Opinião

ACRE EM NOTAS | Auxílio do Bem

Foi aprovado o Auxílio do Bem, que é uma ajuda bem-vinda, mas que, em termos práticos, resolverá pouco com um quilo de carne custando um terço dos R$ 150 mensais e o gás de cozinha a mais de R$ 110

15/04/2021 08h27 Atualizada há 3 semanas
279
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com

Fora da CPI

Nenhum senador acreano integrará a CPI da COVID no Senado Federal. O Amazonas terá dois, Eduardo Braga e Omar Aziz e Rondônia Marcos Rogério. Nenhum senador acreano assinou requerimento para a instalação da comissão, que foi confirmada ontem por decisão do STF.

Nem ele

Chamou a atenção que, da tropa de choque do governo na CPI que será minoritária na comissão, não conste o até então imprescindível senador Márcio Bittar. Parece que ele anda mesmo em baixa, depois da confusão do orçamento.

Orçamento

Por falar em orçamento, essa novela de promulga a lei ou não, de enviar emenda ou não, vetar ou não acaba prejudicando os estados. Por exemplo, o Acre comprou, com recursos aprovados e carimbados, uma patrulha mecanizada que já está no estado e não foi entregue ainda porque o dinheiro só estará em caixa depois da liberação do orçamento. Essa situação se repete em todo o país.

Aglomeração

O ministérios públicos Estadual e Federal se manifestaram alertando que deve ser evitada aglomeração na inauguração da ponte do rio Madeira. Contando com a presença do presidente Bolsonaro, dificilmente a sugestão será levada em consideração. Especialmente o uso de máscara que o presidente rejeita.

Risos

O primeiro-ministro da França, Jean Castex, arrancou risadas do parlamento de seu país ao afirmar que o Brasil é o “país que mais prescreveu a hidroxicloroquina”, um exemplo de que o remédio não funciona. Além de motivo de piada, o Brasil sofre com essa situação. A França suspendeu todos os voos para o Brasil e o embaixador brasileiro disse que o país não precisava dos turistas franceses e ainda afirmou que o colapso do sistema de saúde no Brasil é culpa da esquerda. No Acre, a prefeitura gastou R$ 700 mil de cloroquina e ivermectina.

O mundo gira

Curioso como o mundo dar voltas. O ex-presidente Lula hoje tem rejeição menor que Bolsonaro, Moro, Huck e Doria juntos.
E o ex-juiz condenado que o prendeu é o presidenciável mais rejeitado do País. 
O levantamento foi realizado pela Inteligência em Pesquisa e Consultoria (IPEC) e divulgado no último domingo (11), colocando também o ex-presidente Lula (PT) como o nome com maior potencial eleitoral em uma lista de dez possíveis presidenciáveis.

Pesquisa e enquete

Se a pesquisa da Data Control mostra uma rejeição forte ao prefeito pelos 100 dias, na internet a situação é bem pior. Há enquetes dando perto de 90% de rejeição a Bocalom, sem praticamente ninguém que o defenda.

Economia

No balanço de seus 100 dias, o prefeito se gabou de ter economizado R$ 58 milhões em três meses. Na verdade, isso não é nenhuma vantagem. Ele não foi eleito para contar os tostões e fazer caixa, mas para usar a verba existente para o bem da cidade. Entre suas realizações, listou varredura e limpeza de praças e ruas, como se isso não fosse o mínimo a esperar da obrigação da prefeitura. Corre o risco de acabar a gestão como o ex-prefeito Mauri Sérgio, que inaugurava até quebra-molas como obra do poder municipal.

Caiu

E a Câmara Municipal vetou, na Comissão de Constituição e Justiça, projeto de Bocalom de conceder vale transporte para pessoas do bolsa família. Os vereadores consideraram que era uma forma disfarçada de repassar dinheiro para as empresas de ônibus, as mesmas tão atacadas pelo então candidato Bocalom, que prometia abrir a caixa-preta do transporte coletivo.

Auxílio do Bem

Na Assembleia foi aprovado o Auxílio do Bem, que é uma ajuda bem-vinda, mas que, em termos práticos, resolverá pouco com um quilo de carne custando um terço dos R$ 150 mensais e o gás de cozinha a mais de R$ 110. Ainda assim parece ser o possível dentro da capacidade das finanças estaduais.

Paralisação

Rio Branco foi uma das três capitais, junto com João Pessoa e Salvador que suspenderam a vacinação por esgotamento do estoque de imunizantes. O que existe está reservado para a segunda dose, que vem tendo pouca procura, o que pode piorar a pandemia, por favorecer cepas mais poderosas do vírus

Oxford

Deve chegar até o começo da semana um carregamento da vacina da Fiocruz-Oxford, também chamada de AstraZeneca, mas resolverá pouco, pois a prioridade é a Coronavac para a aplicação da segunda dose em quem começou a ser imunizado.

Fase

Há informações distorcidas sendo veiculadas. A Fiocruz não disse que COVID-19 está regredindo no Acre, mas que a progressão da doença está desacelerando, crescendo menos, mas ainda em alta no número de contágios e mortes. E que teme que a estagnação da curva se dê em um patamar ainda alto de casos e óbitos. Ou seja, não há motivos para afrouxar as medidas, ainda.

Casos

Nas últimas 24 horas foram mais de 500 novos casos registrados e sete mortes. A situação ainda é crítica, não podendo ser relativizada. Os leitos de UTI ainda estão lotados e há fila de espera. Mesmo quem já foi vacinado com uma ou duas doses deve manter o uso de máscaras e distanciamento. A Justiça Federal mandou parar a vacinação das forças de segurança por não ser grupo prioritário, sob protestos das tropas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acre em notas
Sobre Acre em notas
Painel sobre política e bastidores das notícias.
Rio Branco - AC
Atualizado às 12h25 - Fonte: Climatempo
26°
Nuvens esparsas

Mín. 17° Máx. 28°

27° Sensação
11 km/h Vento
70% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (10/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Terça (11/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.