Domingo, 09 de Maio de 2021 11:49
(68) 99971-5137
Cultura Literatura

MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | A gripe

Vou ficando cansada... Sentimento de pânico, quando atacada de uma tosse que não tem fim, que arrebenta os brônquios, que descontrola os esfíncteres

11/04/2021 00h00
387
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
A H1N1 é um dos subtipos virais. Imagem: Reprodução via vídeo Youtube / EERP / Jornal da USP
A H1N1 é um dos subtipos virais. Imagem: Reprodução via vídeo Youtube / EERP / Jornal da USP

Por Edir Figueira Marques

A crônica “A GRIPE” é uma das publicadas no meu livro MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... Essa, infelizmente, não é nada engraçada, é um alerta atual diante do quadro pandêmico e o quanto devemos ficar atentos às medidas de prevenção de isolamento social, uso de máscaras, higienização de mãos e vacinação. Vamos lá?!

 

A GRIPE

Confesso que tive medo! E ainda estou um pouco desconfiada!

Gripe em idoso é um perigo! Sistema imunológico já nem tanto imune assim! Sorrateiramente, ela chega e gruda que não quer largar.

Quando vem incomoda, mas não damos confiança. Então, a danada provoca: "Não vim pra brincar". Insidiosa, espaçosa, abusada, ela vai entrando no corpo da gente, como se fosse de casa! E aí, se você não cuidar, começa o estrago!

E aquele abjeto vírus ou alguma bactéria oportunista, insignificante, que mal se vê no microscópio, ferra uma luta gigante com meus leucócitos. A guerra está lançada! Corro atrás de reforço e peço socorro médico. Exames, soro, injeções. Xarope, antibiótico, nebulização. Arsenal de medicação.

Tudo de amplo espectro, porque não é brincadeira não!

Resisto aqui, reajo ali! Caio mais adiante! Mas não vou me entregar! Sou birrenta, teimosa!

Levo uma surra danada! Peia daquelas em menino levado!

Vou ficando cansada... Sentimento de pânico, quando atacada de uma tosse que não tem fim, que arrebenta os brônquios, que descontrola os esfíncteres.

No peito se instalou um minizoológico doméstico: tosse de cachorro, piado de pinto, chiado de gato, gogo de galinha!

O medo surgiu de repente, quando percebi que poderia ser grave! É bom sempre desconfiar do inimigo.

Veio-me à mente a cena assustadora, que assisti desamparada, impotente, sozinha na grande cidade de pedra paulistana, ao presenciar, de uma hora para outra, a furiosa pneumonia nosocomial atacar, covardemente, e derrubar, em poucos dias, um confiante, forte e risonho idoso, recém-operado e em franca convalescença de cirurgia.

Naquele dia, perdemos a luta! O liliputiano, microscópico e vil, desprezível e ignóbil, derrubou meu gigante e querido marido, nosso porto, nossa segurança, o sustentáculo da família!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Edir Figueira Marques
Sobre Edir Figueira Marques
Professora, mestre em pedagogia, escritora e poetisa.
Rio Branco - AC
Atualizado às 13h45 - Fonte: Climatempo
27°
Nuvens esparsas

Mín. 17° Máx. 28°

29° Sensação
9 km/h Vento
70% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (10/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Terça (11/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.