Quinta, 15 de Abril de 2021 12:27
(68) 99971-5137
Política Opinião

COLUNA POLÍTICA | Futebol e pandemia

Cenas de comemorações em turma, de festas em casas e bares foram fato comum, depois do jogo

27/02/2021 10h22 Atualizada há 2 meses
423
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Torcedores se aglomeram em Cruzeiro do Sul em comemoração ao Flamengo. Foto: redes sociais
Torcedores se aglomeram em Cruzeiro do Sul em comemoração ao Flamengo. Foto: redes sociais

Pressão

A pressão da sociedade civil, de professores, de profissionais da saúde fez o senador Márcio Bittar voltar atrás de sua proposta de desvincular o percentual obrigatório dos gastos de entes federativos com Educação e Saúde. Especialmente deputados preocupados com a reação de suas bases com eleições no ano que vem, não quiseram se comprometer com uma decisão que significaria debilitar o SUS e o Fundeb. Bittar já abandonou felizmente, a ideia. 

Reação

O prefeito Tião Bocalom modulou mal a reação nacional contra a demissão do jornalista que fez uma pergunta fora da caixinha e que provocou reação intempestiva do presidente Bolsonaro. Todos os grandes órgãos de imprensa denunciaram o ato da prefeitura como arbitrário e realçaram que ele não cometeu nenhuma infração administrativa que justificasse a demissão. O prefeito estaria estudando a possibilidade de rever a demissão, para evitar maiores desgastes. Seria justo.

Bravata

Mas o prefeito precisa pôr os pés no chão e parar de sonhar alto. Nas suas redes falou de um grandioso projeto habitacional revolucionário, de casas e apartamentos para desabrigados em área central da cidade. Mais um projeto megalomaníaco, sem fonte de recursos definida. Diante da crise sanitária e financeira, das perspectivas nada otimistas para economia, é agora de administrar mais o arroz com feijão, as necessidades básicas. Melhor do que sonhar com o ovo ainda dentro da galinha.

Tosco

Chamou a atenção nas redes sociais um cartaz feito com cartolina, lápis hidrocor, pregado em um poste anunciando hora e faixa etária para vacinação. Tosco e vergonhoso. Nas redes, a legenda para a foto do cartaz, com o meme: “é verdade esse bilete”. Só pode.

Cadastro

O governador Gladson Cameli cumpriu sua promessa e na véspera da data limite para vencer os efeitos do concurso público, assinou decreto contratando os 320 aprovados para o cadastro reserva da PM, como disse que faria em conversa olho no olho com eles, quando ocuparam o hall da Assembleia em busca de soluções.

Quatro anos

Importante dizer que Gladson sequer foi responsável pela situação, já que o concurso foi feito em governo anterior que por dois anos sequer encaminhou alternativas de solução. Pois o governador foi lá e resolveu.

Medidas

Brasília terá lockdown total a partir de domingo. Santa Catarina fará o mesmo nos finais de semana.  Pernambuco impôs toque de recolher às 20 horas. No Rio Grande do Sul, depois que o prefeito de Porto Alegre propôs às pessoas que aceitassem morrer em nome da manutenção das atividades econômicas, o governador chamou a responsabilidade e fechou tudo. No Acre, Gladson Cameli vai fazer a última experiência  e vai flexibilizar a bandeira vermelha, permitindo a abertura da economia sob rígidas medidas sanitárias. Alguém acredita que os comerciantes não burlarão as recomendações? E que o governo terá que reassumir o compromisso do fechamento?
Melhor seria fechar tudo, a exemplo dos estados citados acima. Lockdown meia boca nada adianta.

Quadro

Mais 500 testes positivos de COVID e mais quatro mortes no estado. O comandante da PM revelou que 18 policiais já morreram pela doença, quatro nos últimos dez dias. Uma servidora da Secretaria da Fazenda faleceu.  A secretária municipal de Educação, Nabiha Bestene foi contaminada. Rio Branco é uma das 17 capitais com nível crítico de ocupação dos leitos de UTI, com 88,7%. O estado tem hoje 303 pessoas internadas com a doença. A situação é muito grave.

Veto

O prefeito Bocalom havia vetado medida aprovada em projeto de lei que obrigava a prefeitura a  garantir  condições para inclusão de alunos portadores de necessidades especiais nas escolas públicas. Ontem, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal deliberou recomendando aos demais vereadores que derrubassem o veto do prefeito. Mais uma crise em um assunto em que a prefeitura não poderia se omitir.

Desempregados

Dados do IBGE revelam que o Brasil acabou 2020 com 13,9 milhões de desempregados.  E que o trabalho informal, sem carteira, representa 41% dos que têm alguma renda. É um quadro desalentador.

Futebol e pandemia

Muito bem, o Flamengo é campeão brasileiro, a torcida tem o que comemorar, mas daí a aglomerar para isso vai uma irresponsabilidade sem tamanho. Cenas de comemorações em turma, de festas em casas e bares foram fato comum, depois do jogo. E a COVID matando torcedores de qualquer time,
Em Cruzeiro do Sul, as imagens são surreais e deixou até mesmo os profissionais de saúde revoltados.  A população precisa ter consciência e respeito por quem está a beira da exaustão na linha de frente.

Liberdade?

E um lembrete necessário nesses tempos: sua liberdade termina quando começa a do outro, ou seja, você é livre até o ponto de não causar nenhum tipo de prejuízo a terceiros ou à sociedade de uma forma geral. Entendeu? Então não aglomere, não saia para as ruas sem necessidade, use máscara e proteja você e todos nós.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acre em notas
Sobre Acre em notas
Painel sobre política e bastidores das notícias.
Rio Branco - AC
Atualizado às 14h23 - Fonte: Climatempo
30°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 31°

34° Sensação
5.4 km/h Vento
70% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (16/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (17/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.