Quinta, 15 de Abril de 2021 12:20
(68) 99971-5137
Política OPINIÃO

COLUNA POLÍTICA | Desencontro

Ao longo do dia, as informações se atropelavam, ninguém sabia informar corretamente. Parece que a coisa era feita de propósito para que sobrasse vacina, sabe-se lá por quê

26/02/2021 06h57 Atualizada há 2 meses
704
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Fila com mais de 4h de espera no drive thru. Foto reprodução
Fila com mais de 4h de espera no drive thru. Foto reprodução

Vacinas

O que se vê nas filas de vacinação é mais que incompetência, é um comportamento criminoso. A prefeitura, a incapacidade de um secretário de Saúde que não sabe aplicar um “band-aid” em um dedo, está expondo idosos de 70 anos e mais a espera em filas quilométricas para vacinar no sistema “drive thru”, com informações desencontradas, com mudanças de procedimentos de última hora, com favorecimento de apaniguados, sem respeito à ordem de chegada, sem nenhum controle sobre as ações.

Polícia

Ontem, a vacinação virou caso de polícia, depois de supostamente fazer o chamamento de idosos maiores de 70 anos, a prefeitura descobriu que as vacinas que chegaram ontem não foram entregues, o que era de se esperar. Aí mudou o enfoque, só abriu vacinação para maiores de 74 anos e em um só local, no antigo pátio do Detran. A fila de carros tinha mais de 3 km, mas às 17 horas encerrou-se a aplicação sem distribuição de senhas, com a desculpa de que não havia luz para que os enfermeiros trabalhassem. Pessoas que esperavam na fila desde o início da tarde se revoltaram, enquanto alguns retardatários conseguiram furar a fila, com autorização dos servidores e aval da PM e receberam a imunização.

Desencontro

Ao longo do dia, as informações se atropelavam, ninguém sabia informar corretamente. Parece que a coisa era feita de propósito para que sobrasse vacina, sabe-se lá por quê.  Saudades de uma equipe de enfrentamento da COVID bem estruturada, com especialistas da área médica na coordenação, gente que se preocupava com o bem estar da população.

Valor

É da natureza humana só se dar valor ao que se tem, quando se perde. Quando se vê a atuação da prefeitura de Rio Branco em todos os setores, não há como não ter saudade de uma administração séria e comprometida, como a de Socorro Neri, que se encerrou em dezembro. A população de Rio Branco fez sua escolha e agora vai ter que sofre as consequências, em meio ao caos e à falta completa de planejamento e capacidade de soluções.

Pá de cal

A pá de cal veio com o depoimento, na Assembleia Legislativa, do coronel Wagner Estanislau de Araújo, que comanda a área de saúde da PM. Ele disse aos deputados que a responsabilidade pela aplicação da vacina na esposa do coronel Ulysses Araújo era da prefeitura, que a PM não executa a ação e nem define quem deve ser imunizado. Quem faz isso é o pessoal da SEMSA.

Na Assembleia

A comissão da COVID da Assembleia ouve hoje o secretário municipal de Saúde, Frank Lima. Na audiência na Câmara Municipal ele engrossou o pescoço e disse que não ia fazer plano para agradar vereador. Vamos ver se ele vai ser tão corajoso com os deputados...

Outras áreas

O prefeito tem como mote de seu governo produzir para empregar.  Pois bem, produzir o que? Os pequenos produtores familiares do cinturão verde da capital, ribeirinhos, perderam praticamente toda a produção de grãos, de verduras, hortaliças, de mandioca com a enchente do rio e dos igarapés. Ao mesmo tempo, os grandes proprietários de quem o prefeito é tão amigo, de terra firme, anunciam safra recorde. Questão de prioridade do prefeito, isso é cristalino.

Demissão

A prefeitura vai demitir o jornalista que ousou fazer uma pergunta fora da caixinha por pauta do jornal, do qual é correspondente, e irritou o presidente Bolsonaro. Ontem mesmo o prefeito anunciou a demissão dele de um cargo que exerce por méritos próprios. Essa é a administração que não ia perseguir ninguém.

Processo

O deputado federal Léo de Brito denunciou e protocolou nesta quinta-feira na Procuradoria Geral da República (PGR) uma representação contra o Jair Bolsonaro. Ele pede que o presidente seja processado criminalmente por crimes contra a saúde pública por provocar aglomerações sem máscara no Acre, em descumprimento às determinações da bandeira vermelha.

Alerta

Rondônia está vivendo o que o Acre pode enfrentar muito em breve. Falência total do sistema de saúde. Todos os leitos de UTI ocupados, alguns precisando ser desativados porque não há médicos, já que muitos estão infectados. Um especialista da linha de frente do combate ao vírus disse que as novas cepas que circulam tanto lá como aqui são mais fortes, mais transmissíveis e que 44% dos óbitos estão ocorrendo em gente jovem, sem comorbidades e que anteriormente tinham sido infectados com poucos ou nenhum sintoma.

Mil

O Acre está perto das mil mortes por COVID. Ontem foram registradas mais sete mortes, elevando o total para 987 óbitos, em mais de 56 mil infectados desde o início da pandemia. Quatrocentos casos em 24 horas. O que o presidente trouxe foram 21,9 mil doses de vacina, capaz de imunizar perto de 11 mil pessoas. E só. Muito pouco. A situação é crítica.

Morfina

Chega à redação a informação de que em Rio Branco os hospitais enfrentam privações de sedativos, anestésicos e bloqueadores neuromusculares, fundamentais no manejo dos pacientes internados.

Na falta de sedativos, estariam usando morfina em pacientes intubados.

Isso, segundo a fonte, estaria acontecendo tanto no Into, da rede pública, como nos hospitais particulares Santa Juliana e Prontoclínica. A confirmar a informação, é mais do que necessário que as autoridades busquem urgente mecanismos e estratégias para manter o abastecimento dessas substâncias, necessárias para manter os pacientes em dificuldade respiratória.

Com a palavra, os gestores de saúde que coordenam os hospitais citados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acre em notas
Sobre Acre em notas
Painel sobre política e bastidores das notícias.
Rio Branco - AC
Atualizado às 14h03 - Fonte: Climatempo
28°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 31°

32° Sensação
6 km/h Vento
79% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (16/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (17/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.