Segunda, 25 de Outubro de 2021 02:45
(68) 99971-5137
Geral Opinião

Fonte da mentira

Dependemos muitas vezes da credibilidade da fonte. Aceitar ou não, acreditar ou não tem relação direta com o emissário da notícia.

11/02/2021 22h01 Atualizada há 8 meses
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Vamos sucumbindo no lodo das mentiras. Foto editada.
Vamos sucumbindo no lodo das mentiras. Foto editada.

Por Jairo Lima

Os tempos das redes sociais são facilitadores da vida moderna e ninguém discorda. A necessidade de confinamento e afastamento social transformou as conversas digitais em janelas entre vizinhos. Todos agora são vizinhos e isso é bom. Por outro lado, as mesmas redes, deixam-nos à mercê do espectro de valores e de caráteres alheios. E aí mora o perigo. O volume e a diversidade de posts são maiores do que a nossa capacidade de depurar, filtrar, assimilar. E salada com frutas demais, azeda.

Dependemos muitas vezes da credibilidade da fonte. Aceitar ou não, acreditar ou não tem relação direta com o emissário da notícia. E quando esse emissário não checa a notícia? Quando ele despreza os princípios que regulam os caminhos da boa convivência, da boa relação? E quando ele não se importa com a mentira? Ou pior: e quando ele convive bem com a mentira?

Interpretar e analisar informações, fazer as devidas conexões para convertê-las em conhecimento e integrá-las à luz da realidade carecem de algum sentido básico de vida, de ciência, de humanismo. E desta forma vamos sucumbindo no lodo das mentiras, das falas desidratadas de conteúdo. Deparamo-nos então com a raiva desmedida e a falta de respeito.

Ao confrontar tanta ignomínia, chega-se ao lugar comum da aridez de argumentos: mas e o PT? As esquerdas malditas? Vai para Cuba. E há os piores clichês: “aceita que dói menos”. Eu não sinto dor. Eu sinto pena. Pena pelos muitos brasileiros que tombam todos os dias. Pena pelos desassistidos sem oxigênio para respirar. Pena pelos trabalhadores em saúde que, apesar de tantas carências (faltam remédios, EPIs, instalações, equipamentos, e até salários), despontam como os verdadeiros heróis nesta jornada. Pena pela falta de vacinas e pela calamidade gerencial que assola o nosso país. Eu tenho muita pena do Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jairo Lima
Sobre Jairo Lima
Xapuriense. Engenheiro Civil, professor doutor da Unesp.
Rio Branco - AC
Atualizado às 04h45 - Fonte: Climatempo
20°
Trovoada

Mín. 22° Máx. 27°

20° Sensação
11 km/h Vento
94% Umidade do ar
90% (40mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quarta (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.