Segunda, 24 de Janeiro de 2022 15:01
(68) 99971-5137
Agricultura Acre

Assistência Técnica e Gerencial do SENAR-AC já atende mais de 50 propriedades rurais acreanas

Projeto Evolui Leite irá atender mais de 70 propriedades rurais em 10 municípios acreanos

21/01/2019 10h19
Por: Denis Henrique Fonte: SENAR-AC
Assistência Técnica e Gerencial do SENAR-AC já atende mais de 50 propriedades rurais acreanas

Lançada oficialmente em dezembro de 2018, a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR – Acre) promove o crescimento qualitativo e quantitativo das produções rurais do Estado.

Realizada pelo SENAR em parceria com o SEBRAE e com o Governo do Estado do Acre, a ATeG inicialmente executa o projeto Evolui Leite, voltado para a cadeia produtiva leiteira em 75 propriedades rurais divididas em 10 municípios: Acrelândia, Brasileia, Epitaciolândia, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Senador Guiomard, Sena Madureira, Xapuri e Capixaba.

Planejamento

O SENAR – Acre prevê um acompanhamento técnico e gerencial nas propriedades nos próximos 2 anos, sendo 4 horas mensais em cada propriedade. Todas as informações coletadas na propriedade serão lançadas no software SISATeG, que irá gerar indicadores de cada propriedade, bem como relatórios que possibilitam o acompanhamento da evolução do trabalho.

Empresas rurais

Stefanye Torres, coordenadora do projeto, destacou que a ATeG chegou para mudar e melhorar o trabalho que já vem sendo feito com os produtores rurais.

“Os produtores estão compreendendo a importância desta oferta. Um dos objetivos é justamente esse: mostrar aos produtores rurais que suas propriedades são, na realidade, empresas. Com o auxílio do técnico durante o período de dois anos, queremos que essas empresas cresçam cada vez mais”, disse Torres.

A coordenadora também reforçou que, desde o lançamento, a sensibilização inicial já alcançou mais de 50 propriedades, e que as 75 serão contempladas até o fim de janeiro deste ano.

“Do total de propriedades estimado para o Evolui Leite, mais de 50 já foram visitadas pelos técnicos e coordenadores do SENAR – Acre. O processo de sensibilização foi iniciado no dia 7 de janeiro, e neste primeiro momento é necessário conversar com os produtores, explicar como funciona a metodologia, avaliando o interesse de cada produtor em participar ou não do projeto”, relatou.

Novas cadeias produtivas

Entre os planos da ATeG no Acre está a expansão futura para atender cada vez mais as diversas cadeias produtivas do Estado.

“Também estamos começando o processo de assistência técnica voltada para a pecuária de corte e mandioca, e para os próximos anos, pretendemos investir em novas cadeias que possam ser beneficiadas por esse atendimento”, disse Stefanye.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.