Quarta, 17 de Julho de 2024
18°

Tempo nublado

Rio Branco, AC

Internacional Leste europeu

Brasileiro morre em guerra na Ucrânia após dois anos como soldado voluntário

Natural de Castro, no Paraná, o jovem chegou ao país do leste europeu em 3 de novembro de 2022, após ter servido o Exército Brasileiro por um ano e meio

09/07/2024 às 14h48
Por: Denis Henrique Fonte: Correio Braziliense
Compartilhe:
Brasileiro morre em guerra na Ucrânia após dois anos como soldado voluntário

O brasileiro Murilo Lopes Santos, 26 anos, morreu na cidade Zaporizhzhia enquanto lutava como voluntário na guerra da Ucrânia. Natural de Castro, no Paraná, o jovem chegou ao país do leste europeu em 3 de novembro de 2022, após ter servido o Exército Brasileiro por um ano e meio.

Nas redes sociais, a mãe de Murilo, Rosângela Pavin Santos, lamentou a morte do filho. "Você se foi, mas deixou um legado que jamais será esquecido. Agora tenho ainda mais a certeza de que eu criei um ser humano incrível para o mundo para ajudar e defender o próximo. Você foi como voluntário mesmo sabendo de todos os riscos para defender e ajudar uma outra nação que estava sofrendo, e isso mostra a grandeza da pessoa que você era", disse.

"Eu nem tinha dimensão do que você representava a todos os que estavam à sua volta, agora através das inúmeras mensagens de amigos seus de todo canto do mundo que vejo o quanto você era ainda mais forte, corajoso, admirável e amado por todos", acrescentou Rosângela.

Ao g1, a mãe de Murilo disse o paranaense desembarcou em Cracóvia, na Polônia, e depois pegou um ônibus para a Ucrânia. Ele relatava à família que não gostaria de voltar a morar no Brasil, pois tinha escolhido o país do leste europeu para viver.

"Ele falava: 'É muito covarde o que fizeram com a Ucrânia e eu quero defender'. E aquilo ficou na cabeça, no coração dele. Era o ideal que ele tinha", disse a mãe do jovem.

Em nota enviada ao Correio, o Itamaraty afirmou que permanece à disposição para prestar assistência consular aos familiares do nacional brasileiro por meio da Embaixada do Brasil em Kiev.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários