Quinta, 18 de Julho de 2024
22°

Tempo limpo

Rio Branco, AC

Polícia Investigação

Polícia Civil captura acusado de matar homem atingindo artéria da perna com tiro

Operação da PCAC resultou na prisão de foragido acusado de crimes ligados a organizações criminosas

21/06/2024 às 14h13
Por: Denis Henrique Fonte: Acreaovivo.com | O Alto Acre
Compartilhe:

A Polícia Civil do Acre através da equipe de investigadores da Delegacia Geral de Brasiléia, capturou Diemesson Silva dos Santos, de 26 anos, foragido da justiça com mandado de prisão preventiva por uma tentativa de homicídio ocorrida em maio deste ano na cidade de Brasiléia.

Diemesson Silva dos Santos é acusado de tentar matar um jovem de 21 anos, morador do bairro Leonardo Barbosa, em um conflito entre organizações criminosas rivais. Além disso, uma segunda investigação o aponta como autor de um homicídio consumado no mesmo bairro.

Em 2016, foi preso após praticar um assalto com um comparsa a luz do dia, em um mercado que funcionava ao lado da rodoviária de Brasiléia. Toda ação foi registrada pelo sistema de vigilância, resultando em perseguição, troca de tiros e prisão dentro do Parque Centenário.

Na madrugada da última segunda-feira, 17, Diemesson teria disparado contra a residência de Raimundo Gonçalves da Silva, de 33 anos, enquanto este dormia. Um dos projéteis atingiu a vítima na região inguinal, resultando em sua morte dentro do imóvel. Após o ataque, o suspeito ainda atirou em outra residência próxima, sem causar ferimentos.

Durante o interrogatório, Diemesson confessou ambos os crimes, alegando que estava sendo perseguido por membros de uma organização criminosa, o que o levou a cometer os delitos. Ele afirmou que a morte de Raimundo Gonçalves foi um engano, pois a vítima estava residindo de aluguel na casa de seu verdadeiro alvo.

Com as informações fornecidas pelo suspeito, a polícia conseguiu localizar e apreender a pistola 9mm usada nos crimes, reforçando as investigações e a responsabilidade de Diemesson nos atos violentos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários