Domingo, 23 de Junho de 2024
24°

Tempo limpo

Rio Branco, AC

Justiça Operação Afrodite

MPAC, Procon e Vigilância Sanitária fiscalizam hotéis e motéis de Rio Branco

A ação iniciou nessa segunda-feira, 10, com foco no Dia dos Namorados, comemorado na próxima quarta-feira, 12, e tem como objetivo verificar se os estabelecimentos estão operando conforme a legislação de defesa do consumidor, além de orientar empresários sobre as regras que devem ser observadas

11/06/2024 às 10h28
Por: Denis Henrique Fonte: Acreaovivo.com | Assessoria
Compartilhe:
MPAC, Procon e Vigilância Sanitária fiscalizam hotéis e motéis de Rio Branco

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Consumidor, juntamente com o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AC) e a Vigilância Sanitária de Rio Branco, realiza, de 10 a 12 de junho, a Operação Afrodite visando fiscalizar o funcionamento de hotéis e motéis em Rio Branco.

A ação iniciou nessa segunda-feira, 10, com foco no Dia dos Namorados, comemorado na próxima quarta-feira, 12, e tem como objetivo verificar se os estabelecimentos estão operando conforme a legislação de defesa do consumidor, além de orientar empresários sobre as regras que devem ser observadas.

Na fiscalização, os agentes verificam se nos estabelecimentos há informação adequada sobre o preço dos produtos e serviços, formas de pagamento, a presença de um exemplar do Código de Defesa do Consumidor (CDC), validade e qualidade dos produtos alimentícios e não alimentícios, além de questões relacionadas às condições de higiene e à validade do alvará de funcionamento.

Para o procurador de Justiça Carlos Maia, coordenador do Caop de Defesa do Consumidor, a ação é uma forma de averiguar se os consumidores estão tendo acesso a serviços e produtos da forma como determina o CDC.

“A Operação Afrodite é essencial para assegurar que os direitos dos consumidores sejam respeitados. Estamos aqui para garantir que os hotéis e motéis ofereçam serviços de qualidade e em conformidade com a legislação vigente, protegendo assim a saúde e o bem-estar de todos”, disse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários