Domingo, 23 de Junho de 2024
24°

Tempo limpo

Rio Branco, AC

Política Em Rio Branco

Fábio Araújo critica falta de transparência nos dados públicos da prefeitura

O vereador também comparou a gestão atual com a administração anterior, e mencionou a colocação do ranking de transparência pública e citou realizações passadas, alegando construções de postos de saúde e creches

07/06/2024 às 16h18
Por: Denis Henrique Fonte: Acreaovivo.com | Assessoria
Compartilhe:
Fábio Araújo critica falta de transparência nos dados públicos da prefeitura

O vereador Fábio Araújo (MDB), em pronunciamento na sessão de quinta-feira, 6, na Câmara Municipal, criticou à Prefeitura de Rio Branco devido à falta de transparência nos dados públicos. Na ocasião, o parlamentar destacou o resultado da pesquisa da Open Knowledge Brasil (OKBR), no qual aponta que a capital acreana aparece na 25ª posição no índice de transparência, sendo a segunda pior colocada à frente apenas da cidade de Boa Vista, em Roraima.

Araújo criticou a prefeitura, alegando a falta de respostas a requerimentos e ofícios. “Rio Branco é o segundo pior lugar em transparência de dados públicos. Se olharmos a Câmara Municipal, ela está no indicador verde, enquanto a prefeitura de Rio Branco está em segundo lugar entre as piores. De 100 pontos, a prefeitura pontuou apenas 1. Não é novidade, porque a prefeitura de Rio Branco não responde requerimentos, não responde ofícios solicitados pelo portal de transparência e não publica nada em seu portal de transparência"

O vereador também comparou a gestão atual com a administração anterior, e mencionou a colocação do ranking de transparência pública e citou realizações passadas, alegando construções de postos de saúde e creches.

"Em 2016, o prefeito Marcus Alexandre recebeu um prêmio de transparência em Brasília. A prefeitura de Rio Branco foi premiada em primeiro lugar em transparência pública. Em seis anos da gestão passada, foram construídas 28 unidades de saúde. Em três anos, a atual gestão conseguiu pintar 28 unidades. Quanto às creches, foram construídas 14 em seis anos e hoje, na atual gestão, nenhuma foi construída, só promessas. Nos últimos três anos, a gestão do prefeito Tião Bocalom diminuiu três mil vagas nas creches."

Araújo também comentou sobre a questão da construção de obras públicas e alegou que algumas estão abandonadas, citando como exemplo, a construção de uma ponte no Ramal do Caipora. "Estive lá naquela ponte, de olho na obra do prefeito Tião Bocalom, uma obra abandonada. É uma obra de quase três milhões, a construção de uma ponte. Essa obra foi prometida para ser entregue no dia 5 de março e hoje é dia 6 de junho. A obra está abandonada, e cadê a empresa trabalhando, cadê o canteiro de obra?"

O vereador finalizou pedindo que sejam trazidos para a câmara projetos políticos. “Fica difícil subir aqui e defender o seu partido, me explique e explique para a população como que vai conseguir defender uma ideologia partidária nesta situação. Tragam projetos políticos para apresentar na pré-campanha, não venham com demagogia."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Veja também