Quinta, 18 de Julho de 2024
22°

Tempo limpo

Rio Branco, AC

Polícia Em Xapuri

Em Epitaciolândia Polícia Militar captura foragido acusado de estuprar a filha

Os militares que atuam em Xapuri levantaram informações sobre o paradeiro do envolvido que teria cometido os abusos contra sua filha, que foi resgatada pelos policiais militares, e descobriram que o indivíduo estava em Epitaciolândia

10/05/2024 às 14h51
Por: Denis Henrique Fonte: Acreaovivo.com | PMAC
Compartilhe:

Policiais militares da 2° Companhia destacada de Xapuri realizaram o cumprimento de um mandado de prisão em Epitaciolândia, nesta sexta-feira, 10, o homem capturado é o indivíduo acusado de estuprar a própria filha no município de Xapuri.

Os militares que atuam em Xapuri levantaram informações sobre o paradeiro do envolvido que teria cometido os abusos contra sua filha, que foi resgatada pelos policiais militares, e descobriram que o indivíduo estava em Epitaciolândia.

Os militares se deslocaram até o município vizinho e conseguiram capturar o homem que não ofereceu resistência e se entregou. Os militares conduziram o envolvido a delegacia de Xapuri para que sejam tomadas as providências cabíveis.

Relembre o caso

Uma guarnição da Polícia Militar do Acre (PMAC) resgatou, nesta segunda-feira, 6, uma adolescente de 15 anos que era abusada sexualmente pelo próprio pai há pelo menos três anos, em uma propriedade rural de Xapuri, no interior do estado. A ocorrência foi atendida em apoio ao Conselho Tutelar do município, que solicitou a equipe para averiguar as denúncias.

Os militares, que atuam na recém-criada Patrulha Comunitária Rural, da 2º Companhia do 5º Batalhão da PMAC, em Xapuri, acompanharam duas conselheiras tutelares até um assentamento localizado no ramal do Tupã, onde encontraram a vítima. Ela relatou às equipes que seu pai a agredia fisicamente há cerca de três anos, para obrigá-la a praticar o ato sexual.

O homem, de 38 anos, não foi encontrado, no entanto a adolescente foi retirada do ambiente e levada a um abrigo. A ocorrência foi encaminhada à delegacia do município, para que a autoridade policial investigue os fatos e dê andamento ao devido inquérito policial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários