Domingo, 23 de Junho de 2024
24°

Tempo limpo

Rio Branco, AC

Geral Opinião

À Jana, com amor

No dia 15, tive o privilégio de presenciar um daqueles momentos que não só enchem o coração de uma mãe de orgulho, mas que merecem um lugarzinho especial naquela caixa guardada no canto do coração, onde as memórias brilham como joias preciosas

17/04/2024 às 08h23 Atualizada em 17/04/2024 às 08h32
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com
Compartilhe:
À Jana, com amor

Por Socorro Camelo*

No dia 15, tive o privilégio de presenciar um daqueles momentos que não só enchem o coração de uma mãe de orgulho, mas que merecem um lugarzinho especial naquela caixa guardada no canto do coração, onde as memórias brilham como joias preciosas. Minha primogênita Janaína -  que me deu o título mais grandioso de todos: MÃE - lançou seu livro em parceria com figuras notáveis, como Beto Simonetti, presidente da OAB nacional e a advogada Priscila Lisboa.

O evento foi uma celebração à advocacia, mas me permitam, neste relato, vestir completamente a roupa da mãe coruja. Cheguei atrasada (mil desculpas, Jana!), perdida entre os SQNs e SQSs de Brasília—ainda estou me entendendo com estes labirintos urbano!

Encontrei um cantinho discreto ao fundo e assisti, com o coração que mais parecia querer saltar fora do peito, minha estrela brilhando naquela noite memorável. Ver minha filha, sempre tão determinada, no centro das atenções - e por todos os motivos certos - foi um espetáculo para os olhos e para a alma.

Não foi apenas um lançamento de livro; foi o reconhecimento do seu valor e da importância do seu trabalho.

Olho para ela e penso que desde que ela nasceu eu vi a VIDA, ela mesma, encostar no meu ombro e dizer: “ó, tá aqui o sentido”, “isso é DEUS”, e também, “tem alguém berrando de fome...”.rs.

A gente foi grudada desde o início, mesmo quando eu não tinha a menor ideia do que fazer com um bebê ( a avó, minha mãe querida, salvou nós duas! ).

Aquela garotinha que negociava minutos extras antes de ir para a cama, agora defende direitos com uma convicção fervorosa. E com seu coração generoso, sua simplicidade e uma essência que nunca se põe acima de ninguém, essa moça incrível criou raízes aqui em Brasília.

O coração cria raízes onde é bem tratado e muitas pessoas boas cruzaram o caminho dela. No trabalho, o apoio e os ensinamentos do Dr. Marcus Vinícius Coêlho foram fundamentais nessa jornada.

Do meu cantinho, enquanto observo, rezo baixinho e agradeço a Deus por tê-la agora tão perto.

E aqui tento expressar em palavras o que muitas vezes o coração sente, mas a boca não diz: Eu te amo e te vejo, filha, e nem acredito que eu tenho a sorte de ser sua mãe. E amo a sua companhia. Seja vendo séries ou filmes ou em conversas sobre um milhão de assuntos profundos e rasos .

Minha linda filha, vamos continuar a descer juntas esse escorrega da vida, porque viver é sim, a ordem de todas as ordens. 

E que assim seja.

Ordem dada, ordem obedecida!

Te amo Jana!

E vou estar sempre aqui pra te lembrar: O MUNDO É TEU!

*Socorro Camelo é jornalista ( 065 DRT/ACRE)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários