Quinta, 18 de Julho de 2024
22°

Tempo limpo

Rio Branco, AC

Auto & Moto Cruzando o Brasil

Expedição RedRider que saiu do Acre dia 9 encerra trajeto de 4.500 km com chegada triunfante em Brasília

Durante os 12 dias de viagem, cruzando quatro estados, eles se depararam com paisagens de tirar o fôlego, atravessaram cidades, vilarejos e conheceram pessoas incríveis ao longo do caminho

24/07/2023 às 08h01 Atualizada em 24/07/2023 às 08h21
Por: Redação Fonte: Acreaovivo.com | Texto Socorro Camelo / Fotos Pedro Devani
Compartilhe:
Motos Africa Twin tiveram alta performance em mais de 500km de trechos de terra. Foto: Pedro Devani / Agência de Notícias do Acre
Motos Africa Twin tiveram alta performance em mais de 500km de trechos de terra. Foto: Pedro Devani / Agência de Notícias do Acre


Texto: Socorro Camelo 

Fotos : Pedro Devanir 

Após uma jornada de 12 dias e 4.500 km na estrada, os 12 participantes da Expedição Honda RedRider Amazônia/Pantanal/Moto Week, finalmente, cruzaram a linha de chegada em Brasília. Eles foram recebidos de forma calorosa no amplo stand da Honda, no evento Capital Moto Week, o maior encontro de motociclistas da América Latina.

Ao saírem do Acre, nessa jornada desafiadora, no dia 9 de julho, a bordo de potentes motocicletas Africa Twin, eles não apenas enfrentaram as longas horas de estrada, mas também superaram os obstáculos do clima, as variações de terreno, mas também, é claro, provaram a paixão pela liberdade e a sensação de vento no rosto que é capaz de ultrapassar qualquer fronteira.

Durante os 12 dias de viagem, cruzando quatro estados, eles se depararam com paisagens de tirar o fôlego, atravessaram cidades, vilarejos e conheceram pessoas incríveis ao longo do caminho. Cada parada foi uma oportunidade de compartilhar experiências e histórias. Como por exemplo, a de Edir Marques, escritora mineira que reside no Acre, e que chamou a atenção por onde passou. Com 81 anos, Edir maravilhou a todos com seu jovem espírito de aventura, provando que idade é apenas um número quando se trata de seguir os próprios sonhos.

Em depoimento, a escritora relatou a jornada como uma experiência de amizade e fraternidade, e que, apesar do desafio diário de despertar às 5h da manhã para enfrentar longos percursos, era constantemente recompensada por belíssimas paisagens e momentos de confraternização em vários pontos turísticos. Ela comentou ainda que, após experimentar a sensação de andar na garupa de uma moto, deseja participar de mais expedições. "Se soubesse que era tão gostoso teria começado antes. Mas agora que experimentei, já pretendo participar de outras. Estou avaliando o calendário das expedições Honda RedRider ao longo do ano e até 2024. A ideia da expedição Moto GP em março me agrada bastante. Vou avaliar", declarou.

A viagem, mais do que somente uma jornada física, foi descrita por Edir Marques, como uma experiência sensorial, com a adrenalina do vento batendo no rosto e a aceleração do coração, além da oportunidade de integração com a natureza.

Para o casal Rosa e Paulo Patricio a experiência foi fantástica. “Já viajamos outras vezes no programa RedRider e faremos isso sempre que pudermos, pois é muito importante saber que na retaguarda existe toda uma estrutura que cuida da gente, com segurança e carinho. Isso nos deixa tranquilos para aproveitar a viagem ”, diz Paulo.

O empresário Osvaldo Dias, 71 anos, que é o piloto de moto mais idoso da expedição, falou da satisfação que é fazer parte de um grupo tão desbravador. Dias não mediu esforços para estar na Expedição. Mesmo sem sua sempre companheira em período integral, a esposa Adriana Crotti, ele encarou sozinho até Brasília a pilotagem com sua Africa Twin.  O casal se dividiu para estar na colação de grau da filha. Mas em seguida, Adriana pegou avião para presenciar, em Brasília, a chegada dos riders no Capital Moto Week.

Renovado

O advogado Gersey Souza ressaltou que a experiência foi além da expectativa. “O grupo, a organização, os roteiros e a motocicleta incrível que pilotei durante os 12 dias de expedição. Me senti sensivelmente renovado diante das oportunidades de vivenciar momentos espetaculares” diz ele.

Durante os dias de convivência, Gersey diz que se sentiu especialmente acolhido. “Me foi sendo dispensado cuidados com as eventuais limitações, conselhos sobre pilotagem, e ajuda quando necessário. Sai da expedição melhor do que entrei, com muitas memórias, experiências, momentos inesquecíveis. Quando as imagens feitas durante o trajeto nos forem disponibilizadas, vou fazer questão de multiplicar o desejo de viver essa experiência com nossos amigos e familiares”, destaca o advogado.

Garupa com orgulho

O casal Mirian e Marcelo Dias integrou a Expedição em seu último percurso.   Miriam ressaltou:  “Não me convidem para uma viagem sobre quatro rodas. Amo estar numa moto e me sinto muito feliz sendo garupa do meu esposo, na potente motocicleta da Honda”. A garupa de motociclista, segundo Mirian, é perfeita para quem deseja ter uma experiência única e segura nas estradas.

Mirian agradeceu estar mais uma vez com os riders, dividindo momentos de alegrias. “Nessa viagem tivemos a grata surpresa de ver a Edir Marques com sua garra e firmeza. A Rosa e Paulo, que casal! São duas crianças vivendo a melhor fase da vida em duas rodas. E como não falar do Osvaldo Dias, 71 anos, sempre se desafiando e se superando. Essa não é a minha primeira viagem e eu estarei em todas que puder”, disse ela.

Família

A confraternização de encerramento oficial da Expedição se deu com um almoço, num dos locais mais aprazíveis de Brasília, o Pontão. O empresário Marcelo Dias, do grupo Star, agradeceu a todos e disse estar muito feliz em participar, mais uma vez, do que ele já considera família. “As amizades se renovam e se ampliam a cada expedição da Honda, e permanecem como uma verdadeira família” comenta ele.

Consolidada

A Expedição Honda RedRider Amazônia/Pantanal/Moto Week se consolida como uma experiência marcante, intensa e transformadora para seus participantes, através da EME Amazônia, empresa do advogado e empresário Cassiano Marques, responsável pela execução do programa nas regiões norte e centro-oeste. A edição até Brasília teve o apoio do governo do Estado do Acre.

Para saber mais sobre essas e outras aventuras acesse as redes @HondaRedRider, o site hondaredrider.com ou mande pelo WhatsApp 68 981008000.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários