Domingo, 16 de Janeiro de 2022 13:36
(68) 99971-5137

Edir Figueira Marques

MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | Papagaio come milho, periquito leva a fama
Conto 26/09/2021 - 11h09
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | Papagaio come milho, periquito leva a fama Espantado, sem entender nada, o amigo pediu-lhe calma, trouxe-lhe um copo d’água, e, guardando uma distância prudente, implorou-lhe por explicar o que estava acontecendo
GOTAS MADURAS | Seu jeito de ser
Poesia 19/09/2021 - 10h29
GOTAS MADURAS | Seu jeito de ser Repreende-me, me abraça, transforma-me em colombina!
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | O pássaro metálico
Conto 15/09/2021 - 12h38
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | O pássaro metálico Quando dava uma rasante sobre a cidade, o criativo candidato fazia a alegria da criançada que corria a catar o que, de fato, lhe interessava, nas ruas que ficavam coalhadas de pedacinhos de papel
GOTAS MADURAS | Viagem sentimental
Poesia 06/09/2021 - 09h40
GOTAS MADURAS | Viagem sentimental Teu coração é a capital do mundo ... De sensações, sentimentos e paixões.
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | As obsoletas cartas de antigamente
Conto 29/08/2021 - 01h30
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | As obsoletas cartas de antigamente Não há como negar o prazer imenso, a saudade e a melancolia que estas leituras me proporcionaram
GOTAS MADURAS | A dor do mundo & Gosto de...
Poesia 22/08/2021 - 09h40
GOTAS MADURAS | A dor do mundo & Gosto de... Rodada dupla de poesias do livro Gotas Maduras da acadêmica Edir Figueira Marques
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | A sorte está lançada
Conto 15/08/2021 - 10h43
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | A sorte está lançada O jogador, cabisbaixo, fazendo suspense, entrou no quarto e, antes que a esposa desandasse em prantos, atirou um volumoso pacote de pesos argentinos que se espalharam sobre a cama!
GOTAS MADURAS | Prece ao Criador & Sonho de primavera
Poesia 08/08/2021 - 00h01
GOTAS MADURAS | Prece ao Criador & Sonho de primavera O egoísmo, a opressão, a exploração! Onde está a solidariedade, o amor, o perdão?
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | O dentista que proseava!
Conto 01/08/2021 - 22h46
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | O dentista que proseava! E como gostava de contar histórias, comentar sobre certos fatos ocorridos na cidade ou explicar como seria o tratamento do cliente que ficava de boca escancarada, salivando, sem poder retrucar ou reclamar!
GOTAS MADURAS | O peso da vida
Poesia 29/07/2021 - 00h00
GOTAS MADURAS | O peso da vida O corpo se ressente, dia a dia, De hora em hora; Cansa e adoece; Atormentado, envelhece
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | Artes do cachorro Pula
Conto 25/07/2021 - 00h01
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | Artes do cachorro Pula Um deles gritou “Pega, Pula!” e o cão, que não esperava segunda ordem, como uma mola, levantou-se de um pulo e precipitou-se atrás do animal com o menino às costas, muito assustado. Sem comando, o cavalo, cada vez mais veloz, fugia da perseguição do Pula
GOTAS MADURAS | Destino
Poesia 23/07/2021 - 13h34
GOTAS MADURAS | Destino Interrogam-me sobre o destino: A que vim? Qual o sentido desta vida?
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | O valentão
Conto 18/07/2021 - 00h00
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | O valentão Não deixou de ser valentão, mas, com a facilidade em fazer amigos, com quem esbanjava malas de dinheiro, após a venda da borracha, era respeitado e bajulado por todos que usufruíam das monumentais farras
GOTAS MADURAS | Magnetismo
Poesia 16/07/2021 - 20h05
GOTAS MADURAS | Magnetismo Aqueço-o com o calor que emana Desta paixão que nos cega
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | Quase louco!
Conto 11/07/2021 - 00h00
MEMÓRIAS ENGRAÇADAS E NEM TANTO... | Quase louco! Ao adentrar à pequena e isolada cidade - cujo acesso, antes da abertura da rodovia, só se dava por avião monomotor ou pelo rio, perfazendo um longo e entediante trajeto - avistaram um cidadão falando sozinho, aos gritos e gesticulando, no meio da rua, dizendo impropérios
Edir Figueira Marques
Sobre Edir Figueira Marques
Professora, mestre em pedagogia, escritora e poetisa.
Rio Branco - AC
Atualizado às 15h22 - Fonte: Climatempo
32°
Muitas nuvens

Mín. 22° Máx. 31°

36° Sensação
6 km/h Vento
56% Umidade do ar
67% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (17/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.