CORRUPÇÃO - Operação Midas estima desvio de R$ 7 milhões na EMURB
Acreaovivo.com
Tempestades
22°MIN 32°MAX
Rio Branco, AC

Sexta-Feira, 01 de Setembro de 2017 às 18:38 - Atualizado em Sábado, 02 de Setembro de 17 às 13:48

COMUNICAR ERRO

CORRUPÇÃO - Operação Midas estima desvio de R$ 7 milhões na EMURB

Nesta sexta-feira, 1º, o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou a segunda fase da Operação Midas, que investiga irregularidades na Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb).

Com o apoio da Polícia Civil, foram cumpridos dezenove mandados de prisão preventiva e temporária, e dois mandados de busca e apreensão. Os alvos foram servidores públicos e empresários, acusados de desvio de recursos públicos.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 4ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, que julgou procedente os pedidos formulados pelo MPAC. Além da Polícia Civil, o Gaeco contou com o apoio do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Os promotores de Justiça Bernardo Albano e Fernando Cembranel, coordenador do Gaeco, em exercício, e coordenador das investigações, respectivamente, concederam entrevista coletiva, acompanhados do delegado Odilon Vinhadelli, para explicar os detalhes da Operação.

Investigação revelou indícios de fraudes na autarquia

A primeira fase da Operação Midas foi realizada em setembro de 2016, quando foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e realizadas três inspeções. Segundo o promotor Fernando Cembranel, durante um ano foram analisados, com o apoio do Tribunal de Constas do Estado (TCE), e de forma muito criteriosa e cautelosa, todos os documentos apreendidos.

Esta segunda etapa da investigação apontou indícios de fraudes na execução de serviços, locação de máquinas e equipamentos. “Consistia basicamente no acréscimo de horas, que geravam pagamentos a mais do que a produtividade efetivamente prestada. Além disso, verificou-se a existência de pagamentos que foram instruídos com notas fiscais de fornecimento de cimento e madeira, que jamais entraram no estoque da Emurb”, explicou o promotor.

Até agora, a estimativa é que tenham sido desviados R$ 7 milhões. Para ressarcir o erário público, o Gaeco requereu a indisponibilidade de bens dos acusados, pedido que também foi deferido pela 4ª Vara Criminal de Rio Branco.

Apoio institucional

O promotor Bernardo Albano avaliou de forma positiva o desdobramento da Operação Midas, que ele considera a maior já realizada pelo Ministério Público do Acre no combate à corrupção.

O coordenador do Gaeco, em exercício, destacou que o sucesso de ações como essa tem sido possível graças aos investimentos feitos pela Administração Superior do MPAC, que têm assegurado o fortalecimento do órgão, bem como ao trabalho em parceria com outras instituições.

“Essa operação só foi possível através da integração com diversos órgãos, como a Polícia Civil, que nos auxiliou antes, durante e depois da operação, e o Tribunal de Contas do Estado, que nos ajudou na análise de documentos. Também tivemos a colaboração eficaz e eficiente da nova gestão da Emurb e do Município de Rio Branco, que foram colaborativos na oferta de documentos que levaram à deflagração dessa operação”, comentou.

O delegado Odilon Vinhadelli também atribuiu o desfecho positivo da Operação às ações articuladas. “Essa parceria contínua da Polícia, que auxiliou nas investigações e na execução da operação, e o Gaeco vem rendendo muitos frutos”, pontuou.

 

Tag's: MPAC, Operação, Mídias, Prisões, Corrupção, Política, Empresários

Fonte: MPAC


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Política 22/11/2017 14:42

Deputado apresenta PL que proíbe saída da castanha ‘in natura’ do Acre

Brasil 22/11/2017 14:39

Mensagem sobre multa para quem não fizer biometria é falsa

CRUZEIRO DO SUL 22/11/2017 14:06

Moradores do Bairro do Divisor cobram implantação de lombadas em rodovia

TARAUACA 22/11/2017 14:00

Vereadores se reúnem com vice-governadora e discutem segurança pública em Tarauacá

Brasil 22/11/2017 13:55

Kombi com mais de R$ 25 milhões em multas é apreendida em SP

CRUZEIRO DO SUL 22/11/2017 13:53

Suspeito de matar adolescente no bairro Cruzeirão se entrega para polícia

Polícia 22/11/2017 13:43

Polícia identifica corpo encontrado por populares na capital

SENADOR GUIOMARD 22/11/2017 12:10

Polícia apreende caminhões de frigorífico transportando mais de R$ 300 mil

Internacional 22/11/2017 12:01

Submarino Argentino pode ficar sem oxigênio a partir desta quarta

SENA MADUREIRA 22/11/2017 11:24

Ney Areal pede reforma urgente no Posto Policial do Segundo Distrito

PORTO ACRE 22/11/2017 11:05

Batalhão de Ambiental apreende madeira ilegal em Porto Acre

Polícia 22/11/2017 10:28

Motocicletas recuperadas aguardam resgate de proprietários

Tecnologia 22/11/2017 10:05

Clássico do Sonic chega ao iOS e Android de graça

Cultura 22/11/2017 09:58

Pachamama põe o Acre no foco da cultura latino-americana, valorizando ações como o Projeto Cinema nos Bairros

Polícia 22/11/2017 09:41

Em abordagem, policiais apreendem motocicleta e arma de fogo

Brasil 22/11/2017 09:29

Moro: Rio é 'exemplo mais visível' de corrupção sistêmica no país

Internacional 22/11/2017 09:23

MPAC participa da 23ª edição da Conferência da ONU para Mudanças Climáticas (COP23), na Alemanha

BRASILEIA 22/11/2017 09:08

Deracre inicia obras de reparo na ponte que liga Brasileia e Epitaciolândia

Internacional 22/11/2017 08:54

Avião da Marinha dos EUA cai no Pacífico com 11 pessoas a bordo

Polícia 22/11/2017 08:33

Homem é encontrado morto a pauladas no Segundo Distrito da capital